Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

É um pokémon? Vídeo de lagarta viraliza no Twitter e biólogo tira dúvidas

O jornal do Folha Vitória foi atrás da resposta para a questão: "Afinal, o que é o bicho curioso que chamou a atenção da internet?"

Folha Vitória|

Folha Vitória
Folha Vitória Folha Vitória

Quantos animais são necessários parar "derrubar" a internet? Um bicho estranho, comparado por internautas com um Pokemón, deu o que falar no Twitter nesta quinta-feira (06). O bichinho foi comparado com Caterpie, cuja aparência é de uma larva verde e amarela, com anéis amarelos pelos segmentos do corpo. O tweet já conta com 822 mil visualizações e causou um grande rebuliço.

Na publicação, o usuário questiona se "alguém entendido do assunto pode esclarecer a dúvida de qual é o bicho". O animal em questão apresenta "olhos e bocas" bem caricatos, como um desenho. 

Veja o tweet:

Alguns usuários comentam: "É claramente algo animado pela Pixar! Esse bicho não existe!" e até mesmo "Se eu encontrasse um desses assim, no meio da rua, sairia correndo alucinadamente sem nunca olhar para trás".

Diante disso, o jornal do Folha Vitória foi atrás da resposta para a questão: "Afinal, o que é o bicho curioso que chamou a atenção da internet?". 

Publicidade

>> Quer receber nossas notícias 100% gratuitas? Participe do nosso grupo de notícias no WhatsApp ou entre no nosso canal do Telegram!

Segundo o biólogo e mestrando em Biologia Animal pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), Daniel Gosser Motta, a lagarta-cara-de-coitada, que é do gênero Madoryx sp, inspirou a criação do pokémon “Caterpie”. 

Publicidade

O animal, segundo o especialista, pode ser encontrado em todos os biomas brasileiros, desde a Mata Atlântica até o Cerrado do país. "Estão em árvores de diferentes espécies, e quando se transformam em mariposas, são polinizadoras de muitos tipos de plantas". 

Daniel também destaca que, a lagarta-cara-de-coitada possui um processo característico denominado de "mimetismo" quando esses indivíduos se assemelham a outros animais. 

Publicidade

"No caso dessa lagarta, ela mimetiza as serpentes, entretanto, não deve ser confundida com a camuflagem, que consiste na estratégia onde os indivíduos apresentam semelhanças com o ambiente em que se encontram (ex. camaleão)", ressalta o biólogo.

"A espécie não possui veneno"

O animal, que não é muito convencional, também levantou questionamento sobre os cuidados necessários ao encontrar com a espécie curiosa. 

"Essa espécie não possui veneno, mas como eles são parecidos com outras lagartas que possuem veneno, é recomendado que não mexa", descreve.

Além disso, segundo Daniel, caso encontre o animal em situação de perigo, é necessário protegê-lo e proteger-se. "Caso encontre esse animal em uma situação de perigo, como no meio da rua por exemplo, proteja a mão e o coloque em alguma árvore ou jardim", finaliza o biólogo. 

LEIA TAMBÉM: Motorista bate em trailer de lanches, capota e motorista bate em trailer de lanches, capota e funcionários ficam feridos na Serra 

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.