Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Notícias R7 – Brasil, mundo, saúde, política, empregos e mais
Publicidade

Encontro Agro Business reúne mais de 400 empresários e lideranças em Linhares

As discussões envolveram desde melhorias em mobilidade e logística a projetos de reflorestamento, ações de ESG, inovação e sustentabilidade...

Folha Vitória

Folha Vitória|Do R7

Mais de 400 empresários e lideranças do agronegócio nacional e do Espírito Santo participaram do 4º Encontro Agro Business, nesta sexta-feira (28), em Linhares, no Norte do Estado. As discussões envolveram desde melhorias em mobilidade e logística a projetos de reflorestamento, ações de ESG, inovação e sustentabilidade.

Um dos participantes do evento, o prefeito de Linhares, Bruno Marianelli, disse que pretende consolidar o município como um dos grandes centros do agro do país.

Para isso, ele quer destravar a mobilidade para garantir o escoamento da produção agrícola e realizar um programa de pavimentação de estradas e sinalização com o objetivo de atender às necessidades dos produtores.

Dentre as lideranças que participaram do encontro estão: Sávio Sardinha, head da Agrocarbono, vertical da Future Carbon Group; Pedro Malta, head de Agricultura da Kraft Heinz; João Pontes, diretor de Marketing da América Latina da John Deere; e André Pedroso, gerente operacional da Granja Faria.

Publicidade
Folha Vitória
Folha Vitória Folha Vitória

Bruno Marianelli destacou que a comunicação na área rural precisa evoluir e que, para isso, está trabalhando com o governo para destravar assuntos e mandou para a Câmara a Lei da 5G. 

O prefeito mencionou também a inauguração do Aeroporto de Linhares, nos últimos dias, e a possibilidade de embarques de cargas agrícolas – algo muito esperado pelo setor produtivo capixaba. 

Publicidade

A região é conhecida por ser exportadora de mamão e outras frutas. Atualmente, o Brasil exporta mamão para Europa, Estados Unidos e países da América do Sul, como Uruguai e Argentina, pelos aeroportos como do Rio de Janeiro e São Paulo.

Painéis debatem ESG e potencialidades do agro

O painel “Construindo um futuro sustentável: desafios e oportunidades do ESG” contou com a participação de Carlos Albuquerque, da Inflor; e Sávio Sardinha, head da Agrocarbono, vertical da Future Carbon Group, com mediação da diretora-executiva do Instituto Ideias, Luana Romeiro.

Publicidade

Foram discutidos projetos de reflorestamento e como cada vez mais empresas estão se envolvendo em ações de ESG para mostrar que estão usando menos recursos. 

Além disso, foi ressaltado que os produtores, as empresas e a cooperativa têm papel importante na construção de uma agenda completa de ESG.

Folha Vitória
Folha Vitória Folha Vitória

No painel “Novas tendências e as potencialidades do agronegócio capixaba”, mediado por Ricardo Frizera, o secretário de Agricultura do Espírito Santo, Enio Bergoli, e Orlando Caliman, economista da Futura e coordenador estratégico do Plano Estratégico de Desenvolvimento da Agricultura Capixaba (Pedeag), falaram sobre a construção de um plano com ações de sustentabilidade.

Foram três documentos lançados entre 2003 e 2006 e objetivo central de estabelecer estratégias e iniciativas para melhorar os resultados do agronegócio capixaba. 

O secretário também abordou outras iniciativas no desenvolvimento do Programa de Desenvolvimento da Cafeicultura para promover a cadeia produtiva do café no Estado, principal atividade agrícola do Espírito Santo. 

Também foi debatido o Programa de Desenvolvimento da Cadeia do Leite, visando ao aumento da produção e da produtividade do leite nas fazendas capixabas para o atendimento da demanda por lácteos por parte da população.

O painel “Do campo ao futuro: inovações, tecnologias e aceleração digital”, mediado pela agrônoma Stefany Sampaio, contou com a participação de João Pontes, diretor de Marketing da América Latina da John Deere, e Pedro Malta, head de Agricultura da Kraft Heinz.

Pontes destacou que a tecnologia é essencial para tornar a agricultura mais sustentável e eficiente e que os produtores devem estar abertos para adotá-la, mesmo que não estejam totalmente preparados. 

Malta mencionou que a empresa tem investido em tecnologia de ponta, como drones para monitoramento de pragas e doenças, e que a assistência técnica rigorosa e a conectividade são fundamentais para trazer vantagens econômicas e tecnologias que trazem sustentabilidade.

Pontes também mencionou que a John Deere investe cerca de US$ 6 milhões por dia em pesquisa e desenvolvimento e que a conectividade é importante para permitir que as tecnologias sejam utilizadas de forma efetiva. 

Ambos concordaram que a transformação de dados em conhecimento é fundamental para o sucesso na agricultura e que sensores de solo, telemetria nos equipamentos e conectividade são ferramentas importantes para obter dados seguros e reais.

Folha Vitória
Folha Vitória Folha Vitória

O encontro também contou com a apresentação de dados da Futura Inteligência, pelo diretor-executivo da instituição, Heitor Fernandes. 

Foram apresentadas as potencialidades do agronegócio no Espírito Santo, assim como números do setor, as perspectivas das principais combinações do agronegócio e temas relacionados à sustentabilidade, inovações no campo e agricultura de mercado.

O Encontro Agro Business é um produto do Folha Business, uma iniciativa da Apex com a Rede Vitória.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.