Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

ES tem a primeira morte confirmada por bromazolam no Brasil

Foram registrados 236 óbitos com o envolvimento do bromazolam, de 2019 até junho de 2022

Folha Vitória|

Folha Vitória
Folha Vitória Folha Vitória

A Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), por meio da Superintendência de Polícia Técnico-Científica (SPTC), identificou, pela primeira vez no Brasil, um óbito relacionado ao consumo da substância bromazolam.

A droga contribuiu para a morte de um homem encontrado em um motel, em Jardim Limoeiro, na Serra, no dia 10 de julho de 2022. A mesma substância foi apreendida em Guarapari, dois dias depois.

Neste ano, o Laboratório de Química Forense da SPTC já recebeu mais duas apreensões desta substância, que geralmente é utilizada combinada com a droga altamente letal, chamada fentanil.

>> Quer receber nossas notícias 100% gratuitas? Participe da nossa comunidade no WhatsApp ou entre no nosso canal do Telegram!

Continua após a publicidade

Os dados levantados pela perícia capixaba possibilitaram a inclusão do bromazolam no rol de substâncias controladas Anvisa, que, até então, não tinha registro da circulação desta droga no Brasil.

Nos Estados Unidos, existe um alerta direcionado para a saúde pública, laboratórios e médicos, relatando o aumento de casos envolvendo esta substância. Foram registrados 236 óbitos com o envolvimento do bromazolam, de 2019 até junho do ano passado.

Mais informações serão divulgadas em uma coletiva de imprensa da Polícia Civil na tarde desta quinta-feira (20).

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.