Folha Vitória Estudantes criam app que prepara jovens para o trabalho

Estudantes criam app que prepara jovens para o trabalho

Criação foi a vencedora do Hackathon Janelas para o Amanhã, promovido pela ONG Recode e pela Petrobras

Folha Vitória
Foto: Divulgação/DINO

A ideia de um aplicativo para ajudar jovens na preparação para o mercado de trabalho rendeu a estudantes do Ensino Médio do Rio de Janeiro e de Pernambuco o primeiro lugar no Hackathon Janelas para o Amanhã. A iniciativa da ONG Recode e da Petrobras reuniu 354 participantes de todo o Brasil de maneira virtual, no mês de abril, e contou com 31 soluções para desafios sobre o tema “Tecnologia e Mercado de Trabalho”.

O time campeão foi formado por quatro estudantes do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense (IFF), de Quissamã, no Norte do Rio de Janeiro: Livya Souza, Cauê Neves, Chaide Vicente e Kaio Adão; além de um representante da Escola Técnica Estadual Porto Digital (ETE), de Pernambuco, Rian Oliveira. Eles criaram o Roteiro Profissional, o projeto de um aplicativo que oferece teste vocacional e simulação de entrevistas reais para preparar jovens para o mercado de trabalho.

"Durante o projeto, nossas ideias foram fluindo e sinto que conseguimos incluir todas elas na montagem do nosso projeto, fazendo o Roteiro Profissional se tornar um aplicativo completo e de fácil acesso e uso aos usuários", destaca a estudante Livya, de 17 anos. “Foram dias desafiantes e de muito trabalho, porém todo o processo foi divertido e contribuiu muito para nosso enriquecimento acadêmico e intelectual”, complementa Kaio.

Quem ficou em segundo lugar foi o quinteto formado por estudantes do Colégio Técnico de Campinas: Nicolas Livotto, João Victor Ribeiro, Matheus Lima, Kauan Fernandes e Jhonatan Santos, com a ideia do Vocacciona, uma plataforma para ajudar jovens a encontrarem suas vocações. Já o terceiro lugar foi para o time de Izabella Faria, Gustavo Oliveira, Maria Eduarda Pasche, Estefani Monteiro e Pedro Rezende, uma união entre jovens de institutos e escolas públicas variadas. Eles apresentaram o CodeUp, um aplicativo para centralizar e facilitar o acesso a cursos gratuitos e oportunidades de emprego.

Como forma de reconhecimento aos campeões, cada integrante que ficou em primeiro lugar vai receber um notebook. Já os participantes de times que ficaram em segundo e terceiro vão receber tablets.

Empoderamento digital nas escolas públicas

O Janelas para o Amanhã, uma parceria entre a Recode e a Petrobras, é voltado para alunos de ensino médio e também promove a capacitação de professores e do corpo pedagógico das escolas públicas dos estados de ES, RJ e SP com competências ligadas ao mundo da tecnologia. Entre 2021 e 2023, 280 colégios receberam computadores e equipamentos eletrônicos, além de formações em tecnologia para alunos e professores.

"Essa iniciativa reforça o nosso compromisso com o empoderamento digital e a transformação social. A tecnologia tem sido uma grande aliada dos educadores para tornar o ensino ainda mais atrativo e preparar os jovens para viver no mundo conectado. Além disso, é importante que os alunos reconheçam uma forma cidadã de uso das plataformas tecnológicas e que se tornem, eles mesmos, protagonistas do movimento para mudar vidas, tech changemakers reais", destaca o fundador e CEO da Recode, Rodrigo Baggio.

“Tecnologia e inovação são pilares da atuação da Petrobras. Esse hackathon dialoga com esses pilares e também com a estratégia da Petrobras de fomentar o desenvolvimento das comunidades onde atua, além de contribuir para a geração de oportunidades de inserção no universo do trabalho e renda para os jovens”, afirma Marcela Souza Levigard, Gerente de Programas Sociais da Petrobras.

https://recode.org.br/

Últimas