Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Família faz vaquinha online para ajudar motoboy atropelado em Vitória

Jean Rosa está internado desde o dia do acidente. Ele terá que ficar afastado do trabalho durante a recuperação e, por isso, a família decidiu fazer a ação para arrecadar dinheiro para os custos do tratamento

Folha Vitória|Do R7

Folha Vitória
Folha Vitória Folha Vitória

O motoboy que foi atingido por um carro no início da semana passada, em Vitória, continua internado. A família do rapaz pede ajuda financeira por meio de uma vaquinha na internet para cuidar do rapaz após ele receber alta.

Jean Rosa da Hora, de 29 anos, está imobilizado da cintura para baixo. Por isso, ele precisa ficar deitado na mesma posição. A irmã Tainara Rosa conta que o irmão sente muita dor. 

"Ele fala que sente muita dor tanto no quadril quanto nas costas, até porque ele fica muito tempo parado, deitado", disse.

>> Quer receber nossas notícias 100% gratuitas pelo WhatsApp? Clique aqui e participe do nosso grupo de notícias 

Publicidade

Ele está internado desde quando sofreu um grave acidente de moto. Jean estava voltando do trabalho quando foi atingido de frente por um carro que vinha na direção contrária.

Jean vai ficar muito tempo sem poder trabalhar e, por isso, a família está pedindo ajuda financeira por meio de uma vaquinha.

Publicidade

"Minhã mãe está desempregada e ele que ajudava ela. E também tem o financiamento da moto. Ele vai ficar muito tempo parado e não vai ter como trabalhar para pagar. Como ele está hospitalizado, quando ele sair, também vamos ter mais custos com ele, como fisioterapia", disse. 

LEIA TAMBÉM: Mulher é brutalmente agredida em hotel de Vitória após recusar a comprar drogas para marido

Publicidade

O acidente ocorreu por volta de 1h da madrugada na Rodovia Serafim Derenzi, em Vitória. O jovem foi arremessado para o alto e, após a queda, ficou deitado no chão. Várias pessoas correram para tentar ajudá-lo. 

O motorista do carro que atingiu o rapaz permaneceu no local do acidente. Segundo testemunhas, ele apresentava sinais de embriaguez. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) levou Jean para um hospital de Vitória. 

Os médicos disseram que Jean deve ficar, pelo menos, cerca de um mês e meio imobilizado da cintura para baixo. Nesta quarta-feira (28), ele deve passar por uma nova cirurgia. 

De acordo com a família, ainda não há previsão para que Jean deixe o hospital. Tainara não soube dizer se o motorista que atingiu o irmão fez o teste do bafômetro. Segundo a família, ele se responsabilizou para pagar o conserto da moto e ofereceu ajuda com outros gastos.

*Com informações da repórter Fernanda Batista, da TV Vitória/Record TV.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.