Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Fentanil: 31 frascos de superdroga anestésica são apreendidos no ES

A operação da Polícia Civil foi realizada na última sexta-feira (10). Foram apreendidos mais de 149 quilos de drogas diversas

Folha Vitória|Do R7

Folha Vitória
Folha Vitória Folha Vitória

Um total de 31 frascos de fentanil, uma droga sintética 100 vezes mais forte que a morfina, foram apreendidos durante uma operação da Polícia Civil, em Cariacica, na última sexta-feira (10). O opioide é conhecido por ser o entorpecente que causa mais mortes nos Estados Unidos.

A apreensão aconteceu durante uma operação que apurava uma base utilizada por traficantes para armazenar drogas e materiais ilícitos, na região da Reserva de Duas Bocas, em Cariacica.

>> Quer receber nossas notícias 100% gratuitas? Participe da nossa comunidade no WhatsApp ou entre no nosso canal do Telegram!

Segundo o delegado Tarcísio Otoni, essa foi a primeira vez que essa quantidade de fentanil foi apreendida no Estado. "O que é o crack para o Brasil, é o fentanil para os Estados Unidos", destacou. 

Publicidade

"Chamou a atenção que é uma droga altamente viciante, não é comum encontrar. Ela é injetável ou em comprimido, analgésico muito forte, tem um efeito depressor do sistema central, dando uma rápida euforia e depois o efeito relaxante", explica.

Além disso, a polícia ressalta que, as equipes vão continuar as investigações para entender se a droga está entrando no Espírito Santo por demanda dos usuários ou para ser distribuída por meio de uma "nova rota".

Publicidade

"Também vamos investigar que chama a intenção a quantidade que foi apreendida perto das festividades do Carnaval, se ela seria encaminhada para atender o público durante as comemorações", descreveu.

Durante a ação, também foram apreendidos 136 kg de maconha, 2.500 pinos de cocaína cheios, 13 kg de mistura para cocaína, 10 camisas estampadas com o nome da Polícia Civil e 02 balanças de precisão.

Publicidade

Operação estava em andamento

Folha Vitória
Folha Vitória Folha Vitória

Segundo a Delegada adjunta do Denarc, Larissa Lacerda, as apreensões acontecem após um desdobramento de uma operação realizada no dia 19 de janeiro. 

"Na época, as equipes, a partir de informações do setor de inteligência, identificaram no bairro Xuri, um local que era usado como laboratório de drogas", explicou.

Entretanto, de acordo com as investigações, o local estava recém abandonado. Diante disso, os policiais buscaram até localizarem uma segunda construção, no bairro Ataíde, em Vila Velha. 

Na segunda localidade, no dia 10 de fevereiro, os policiais encontraram 10 quilos de maconha. Em sequência, a equipe foi para a região da Reserva de Duas Bocas, em Cariacica.

"A casa estava inabitada, tinha o aspecto de abandonada, com muito matagal em sua volta, era utilizada exclusivamente para o laboratório e deposito de drogas", destacou. 

Camisa da Polícia Civil também foi apreendida

Além disso, o delegado Tarcísio Otoni explica que, durante a apreensão, foram apreendidas 10 camisas estampadas com a logomarca da Polícia Civil. Entretanto, ressalta que elas simulam a utilizada pela corporação. 

"Eles usam a camisa personalizada como uma forma de surpreender os inimigos durante os confrontos. Além de ser uma maneira para conseguir roubar drogas de rivais", finalizou. 

LEIA TAMBÉM: Empresário de Colatina enviava cocaína para Europa por emprsa de exportação de café 

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.