Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Homem agride a ex-mulher, foge com carro dela e usa cartão da vítima para abastecer

A mulher faria a prova de um processo seletivo no dia seguinte das agressões, mas perdeu a oportunidade porque ficou muito abalada...

Folha Vitória|

Folha Vitória
Folha Vitória Folha Vitória

Um homem de 34 anos agrediu a ex-mulher, fugiu com o carro dela e ainda usou o cartão de crédito da vítima para abastecer o veículo. O caso aconteceu nesta segunda-feira (03), em Cariacica.

>> Quer receber nossas notícias 100% gratuitas? Participe do nosso grupo no WhatsApp ou entre no nosso canal do Telegram!

A vítima contou que marcou um encontro no bairro Vila Independência com uma mulher para comprar um produto. Ela estava no carro com a filha de 5 anos quando o ex-marido a reconheceu e foi até ela. Segundo o relato da vítima, o suspeito a tirou do carro a força e a agrediu. 

O homem foi embora levando o carro dela e ainda usou o cartão de crédito da mulher, que estava no veículo, para pagar o posto de combustíveis onde abasteceu o tanque do carro.

Continua após a publicidade

LEIA TAMBÉM: Suspeitos do RJ são presos após compras de R$ 15 mil com cartão clonado em shopping do ES

A vítima está com diversas feridas pelo corpo e coleciona boletins de ocorrência contra o homem. Segundo ela, ele não aceita o fim do relacionamento que durou cerca de 12 anos. Neste período, o casal teve dois filhos, a menina de 5 e um menino de 12 anos. 

Continua após a publicidade

Segundo a mulher, em boa parte do tempo que durou o relacionamento, o homem passou preso por tráfico e roubo. A Secretaria de Justiça do Estado informou a reportagem que o suspeito possui registros de entradas e saídas entre janeiro de 2011 e março de 2021.

LEIA TAMBÉM: Vizinho ameaça jogar pedra em cachorro e leva tiro de espingarda em Vila Velha

Continua após a publicidade

Depois de muito sofrimento, a mulher decidiu se separar, mas o homem não aceitou a decisão dela. De acordo com a vítima, ele já teria até agredido os filhos e colocado fogo na casa em que a família vivia no bairro Flexal II.

Mesmo assustada, a mulher tenta seguir a vida. Ela é técnica de enfermagem e, nesta terça-feira (04), faria a prova da segunda fase de um processo seletivo para ser socorrista no Samu. Com o psicológico abalado e cheia de feridas, a mulher não conseguiu ir fazer a prova. Ela contou que não sabe mais o que fazer.

*Com informações do repórter Caio Dias, da TV Vitória/Record TV.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.