Folha Vitória Hospital descarta intoxicação em criança por comer planta venenosa no Sul do ES

Hospital descarta intoxicação em criança por comer planta venenosa no Sul do ES

Segundo o Materno Infantil Francisco de Assis (Hifa), na região Sul do Espírito Santo, a criança foi diagnosticada com pneumonia, e segue internada

Folha Vitória
Foto: Sara Grendele

O hospital onde está internado um menino de 2 anos, em Cachoeiro de Itapemirim, há mais de uma semana, descartou nesta terça-feira (26) que a criança tenha se intoxicado por ingestão da planta venenosa "comigo-ninguém-pode"

Segundo o Materno Infantil Francisco de Assis (Hifa), na região Sul do Espírito Santo, a criança foi diagnosticada com pneumonia, e segue internada.

Por meio de nota, o hospital informou que, após exames e avaliações médicas, constatou-se que o paciente teve o diagnóstico de pneumonia, estado de mal epiléptico (várias crises convulsivas) e atelectasia (colapso do tecido pulmonar com perda de volume), descartando a hipótese inicial de ter sido intoxicado pela planta ornamental Amoena, mais conhecida como "comigo-ninguém-pode".

No dia 23 a criança foi transferida para a enfermaria, onde segue o tratamento.

LEIA TAMBÉM: >> Mãe de menina de 1 ano encontrada na rua em Vitória nega abandono e espera ter a filha de volta

Últimas