Folha Vitória Invasão de terras: família de pescadores foi expulsa por grupo armado

Invasão de terras: família de pescadores foi expulsa por grupo armado

De acordo com a polícia, os invasores chegaram armados ao local, ameaçando, e, com trator, derrubaram as casas e expulsaram as pessoas...

Folha Vitória
Foto: Divulgação/Polícia Civil
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Dentro da operação que identificou uma organização criminosa que expulsou famílias de terrenos regulares na Serra, a polícia tomou conhecimento de um caso em especial. Uma família de pescadores, que morava na região há pelo menos 30 anos, chegou a ser retirada de suas duas casas e duramente ameaçada.

De acordo com informações repassadas à imprensa pelo delegado titular do 12º Distrito Policial da Serra, Josafá da Silva, a família morava perto de uma lagoa, local onde foram criados filhos e netos.

Foto: Divulgação / PCES
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória
O delegado Josafá da Silva investiga o caso “Os invasores chegaram armados ao local, ameaçando, e, com trator, derrubaram as casas, expulsaram todo mundo. Também foram feitas ameaças de que se os pescadores voltassem, matariam todo mundo. A família entrou na justiça e ganhou a reintegração de posse. Acabaram voltando para o terreno e foram expulsos novamente”, pontuou.

Além desta, pelo menos outras quatro famílias passaram pela mesma situação, sem contar as que, por medo, provavelmente não levaram os casos à Justiça ou à polícia.

Operação 'Grabbing'

A operação intitulada ‘Grabbing’, que sugere, em inglês, “pegar ou roubar”, identificou uma organização criminosa que espalhava terror e expulsava famílias e empresários de terrenos privados na Serra, em especial no bairro Civit I.

Os criminosos agiam com violência e diziam ser os verdadeiros donos das terras. Entre os investigados, estão dois policiais militares da reserva, um funcionário da prefeitura do município e até um ex-vereador.

>> Quer receber nossas notícias 100% gratuitas? Participe da nossa comunidade no WhatsApp ou entre no nosso canal do Telegram!

A operação foi iniciada pelo 12º Distrito Policial da Serra, localizado em Jardim Limoeiro, e teve foco no cumprimento de mandados de buscas e apreensão desta organização, que desde 2019, patrocina as invasões à força de propriedades.

Durante a ação, foram detidas seis pessoas, sendo dois militares da reserva, e apreendidos armas de fogo, munições, celulares e computadores.

Foto: Divulgação / Polícia Civil
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Nos locais invadidos, os envolvidos colocavam placas proibindo a entrada de outras pessoas. Quem passava pela região se deparava com a cena. O bando, segundo a polícia, agia com violência e expulsava os moradores das terras e ocupavam as áreas privadas.

As investigações sobre o grupo começaram em 2021 e pelo menos cinco famílias procuraram a polícia e denunciaram os suspeitos.  

* Com informações da repórter Suellen Araújo para a TV Vitória | RecordTV

Últimas