Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Lucasfilm não queria que fosse um Jedi em Star Wars Jedi Fallen Order

Jedis só não são mais importantes do que o Baby Grogu

Folha Vitória|

Star Wars Jedi: Fallen Order, desenvolvido pela Respawn Entertainment, tornou-se um sucesso imediato entre os fãs de Star Wars e jogadores do mundo inteiro, mesmo os não fãs da série, em grande parte por ser um ótimo jogo de combate e exploração. Entretanto, a Lucasfilm não estava inicialmente convencida a permitir o uso de um Jedi como protagonista no jogo.

Folha Vitória
Folha Vitória Folha Vitória

Segundo Stig Asmussen, diretor criativo da série produzida pela Electronic Arts, os Jedi são considerados um objeto de grande valor para a Lucasfilm. Por isso, foi necessário passar por um processo rigoroso para justificar o uso de um Jedi como personagem principal. 

>> Quer receber notícias e novidades do mundo GAMER de forma 100% gratuita? Participe do nosso grupo de WhatsApp!

A Lucasfilm chegou a sugerir a utilização de um caçador de recompensas como protagonista, o que foi um desafio para Asmussen, pois sua especialidade estava em jogos de combate de curto alcance, como na série God of War e colocar um usuário de blasters poderia ser o início de um pesadelo.

Publicidade

Asmussen chegou a cogitar a possibilidade de abandonar o projeto, mas decidiu lutar pela sua visão e, eventualmente, conseguiu convencer a Lucasfilm a fazer que o protagonista do jogo fosse um Jedi, mesmo que inexperiente.

O resultado foi um jogo muito especial e elogiado pelos fãs, já que permite que o jogador assuma o papel de um Jedi. A sequência, chamada Star Wars Jedi Survivor, está prevista para ser lançada em 28 de abril para as plataformas PS5, PC e Xbox Series e você pode ver o último trailer do jogo clicando aqui.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.