Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Lucro do FGTS começa a ser depositado. Veja quanto você vai receber!

Aproximadamente 132 milhões de trabalhadores que possuíam saldo na conta do fundo em 31 de dezembro do ano passado receberão o crédito...

Folha Vitória|

Folha Vitória
Folha Vitória Folha Vitória

Nesta quinta-feira (27), a Caixa Econômica Federal deu início ao processamento da distribuição de R$ 12,7 bilhões referentes ao resultado do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) do ano de 2022.

Aproximadamente 132 milhões de trabalhadores que possuíam saldo na conta do fundo em 31 de dezembro do ano passado receberão o crédito proporcional ao valor existente.

>> Quer receber nossas notícias 100% gratuitas? Participe da nossa comunidade no WhatsApp ou entre no nosso canal do Telegram!

A distribuição foi autorizada pelo Conselho Curador do FGTS na terça-feira (25), que aprovou a destinação de 99% do resultado total, equivalente a R$ 12,8 bilhões. Após a publicação no Diário Oficial da União, a Caixa deu início ao processamento da distribuição dos valores aos trabalhadores beneficiários.

Os valores serão creditados em 217,7 milhões de contas de FGTS, entre esta quinta-feira (27) e a próxima segunda-feira (31), com um mês de antecedência do prazo previsto legalmente.

Para saber a parcela do lucro que será depositada, o trabalhador deve multiplicar o saldo de cada conta em seu nome em 31 de dezembro do ano passado por 0,02461511.

• Na prática, a cada R$ 1.000 de saldo, o cotista receberá R$ 24,61.

• Quem tinha R$ 2.000 terá crédito de R$ 49,22.

• O valor sobe para R$ 123,08 para quem tinha R$ 5.000 no fim de 2022.

Quem vai receber o lucro do FGTS?

Todos os trabalhadores que possuírem saldo no FGTS em 31 de dezembro de 2022 terão direito a participar da distribuição dos resultados.

No entanto, o valor não será depositado diretamente no bolso do trabalhador, mas sim na sua conta no FGTS. Os montantes são distribuídos proporcionalmente às contas dos trabalhadores no fundo. 

Como sacar o lucro do FGTS?

O trabalhador só poderá sacá-lo dentro das regras do fundo. O dinheiro é depositado na conta do FGTS de cada trabalhador e distribuído de forma proporcional. O fundo só pode ser retirado nos seguintes casos:

• Saque-rescisão — É a sistemática pela qual o trabalhador, quando demitido sem justa causa, tem direito ao saque integral de sua conta FGTS, incluindo a multa rescisória;

• Saque-aniversário — Permite a retirada de uma parte do saldo da conta do FGTS, anualmente, no mês de aniversário. No caso de rescisão de contrato sem justa causa, o trabalhador poderá sacar o valor referente à multa rescisória;

• Necessidade pessoal, urgente e grave decorrente de desastre natural — Nessa modalidade, é preciso que o governo tenha reconhecido o evento adverso para que o trabalhador consiga sacar o seu saldo. Exemplo: 

• Aquisição de moradia própria;

• Aposentadoria;

• Morte do trabalhador;

• Idosos maiores de 70 anos;

• Pessoas com HIV;

• Neoplasia maligna (câncer);

• Estágio terminal por doença grave; e

• Trabalhador que ficou fora do regime do FGTS por três anos consecutivos.

Como consultar o saldo do FGTS?

Para consultar o saldo do FGTS, o trabalhador pode utilizar o aplicativo FGTS, disponível para sistemas Android e iOS, ou acessar o site da Caixa.

É necessário cadastrar as informações pessoais e fornecer o NIS (Número de Inscrição Social), que pode ser encontrado nos extratos do FGTS, carteira de trabalho ou cartão do cidadão. Em seguida, o trabalhador deve criar uma senha numérica de seis dígitos.

Com informações do Portal R7. 

Leia também: 

>> Bolsa Família poderá ser pago com real digital, diz presidente da Caixa

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.