Folha Vitória Major da PM envolvido em briga com soldado na Praia do Canto é preso

Major da PM envolvido em briga com soldado na Praia do Canto é preso

A Polícia Civil informou que o oficial foi autuado por lesão corporal, ameaça, desobediência e desacato a funcionário público e encaminhado...

Folha Vitória
Foto: Reprodução
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Um major de 45 anos de idade, envolvido em uma briga com um soldado, ambos da Polícia Militar, na porta de uma boate na Praia do Canto, em Vitória, foi preso neste sábado (3). 

De acordo com informações da Polícia Civil, o oficial foi autuado em flagrante por lesão corporal, ameaça, desobediência e desacato a funcionário público e foi encaminhado ao presídio Militar, no Quartel do Comando Geral (QCG) da Polícia Militar, onde ficará à disposição da Justiça.

Uma cópia do procedimento do flagrante será encaminhada à Corregedoria da PMES para apurar possíveis infrações administrativas ou crimes militares. Enquanto isso, o soldado foi qualificado como vítima na ocorrência.

O major e o soldado se envolveram em uma confusão com ameaças e socos na porta de uma boate da Praia do Canto, em Vitória, na madrugada deste sábado (3).

Veja o momento da confusão:

Um instrutor de tiros, amigo do soldado, também estava no local. No vídeo, ele tenta ajudar o colega separando a briga, mas não consegue. Neste momento, a arma do soldado cai no chão. Um homem, de camisa cinza, recolhe a arma. A mulher do major grita por socorro e o marido também grita, xingando e fazendo ameaças.

A mulher do major aparece agitada e também faz ameaças ao soldado, que está no chão bastante ferido. De acordo com o boletim de ocorrência, a confusão aconteceu após um suposto assédio.

>> Quer receber nossas notícias 100% gratuitas? Participe da nossa comunidade no WhatsApp ou entre no nosso canal do Telegram!

O soldado ficou bastante ferido e precisou de atendimento médico. Todos os outros envolvidos na ocorrência foram levados à delegacia.

A reportagem da TV Vitória/Record TV conversou com um familiar do amigo do soldado acredito, que deu detalhes sobre o caso. Ele afirmou que estava do lado de fora quando viu o major sendo expulso e agredindo a esposa, e por isso decidiu intervir.

Com a ocorrência ainda em andamento, a esposa do major solicitou uma corrida por aplicativo e tentou deixar a delegacia, mas foi impedida pelos policiais civis.

O major ficou irritado e questionou o porquê da esposa não poder ir para casa para tomar um banho.

O soldado teve alta médica e também esteve na delegacia para prestar depoimento. O amigo dele, que aparece no vídeo o defendendo, também prestou depoimento.

Últimas