Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Mercado de TI busca profissionais qualificados

Estudo indica que Brasil terá quase 800 mil vagas para talentos na área até 2025

Folha Vitória|

Foto: Divulgação/DINO

O mercado de Tecnologia da Informação está em ascensão no Brasil. De acordo com pesquisa realizada pela Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), o Brasil precisará de aproximadamente 420 mil profissionais da área até 2024 - para 2025, o número estimado é de 797 mil talentos.

Há uma gama diversificada de cargos e funções em TI e os profissionais desse segmento devem ter conhecimentos específicos, técnicos e práticos, e cada área de atuação é diferente e possui suas peculiaridades. Mesmo aquecido, ainda segundo o estudo da Brasscom, o país forma apenas 46 mil especialistas capacitados para trabalhar nesse nicho por ano.

“Essa escassez de talentos qualificados ocorre porque o setor de TI evolui rapidamente, e nem sempre há profissionais suficientemente atualizados com as competências necessárias para ocupar as novas posições”, acredita Matheus Lúcio, especialista em Tecnologia.

Publicidade

É válido ressaltar que a diversidade na área de TI não se restringe apenas a cargos técnicos, mas também a funções de gestão e liderança. Dentre as variadas funções, algumas estão em destaque, segundo Lúcio. Uma delas compete ao engenheiro de Dados, que é responsável por projetar, desenvolver e gerenciar sistemas de armazenamento e processamento de dados, além de garantir a integridade e a segurança das informações.

“Vemos também muita demanda para cargos como o de cientista de Dados, que coleta, analisa e interpreta grandes volumes de dados, a fim de obter insights valiosos para o negócio; ou o de desenvolvedor de Software, que escreve, testa e mantém o código de software, seja para aplicativos, sistemas web ou soluções corporativas”, exemplifica o especialista.

Publicidade

Outras funções buscadas pelas empresas são as de especialista em Segurança da Informação, encarregada de proteger os sistemas e dados de uma organização contra ameaças internas e externas, e o arquiteto de soluções, que projeta a arquitetura de sistemas e aplicativos, garantindo a integração e o desempenho adequados.

Capacitação e diversidade

Publicidade

Com tantas demandas, algumas empresas buscam desenvolver os talentos que já possuem em seus quadros. Incentivar a formação e a capacitação dos profissionais de TI, por meio de programas educacionais e treinamentos especializados é uma das ações realizadas.

Além disso, é preciso avaliar a diversidade de funcionários da área de TI. “A inclusão de mulheres, pessoas negras, LGBTQIA+ e outros grupos sub-representados é fundamental para a construção de um setor mais inclusivo, criativo e inovador”, conclui o especialista.

Para saber mais, basta acessar: https://mathz.dev

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.