Folha Vitória Moradores da Serra contam com aplicativo de serviços de combate à dengue

Moradores da Serra contam com aplicativo de serviços de combate à dengue

Para acessar a ferramenta, o cidadão precisa baixar o app e fazer o cadastro. Saiba para quais finalidades ele pode ser acessado

Folha Vitória
Foto: Reprodução/Freepik - @jcomp
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Os moradores da Serra contam com um aliado tecnológico para combater o mosquito da dengue. A partir de agora, os serviços das equipes que trabalham em campo para eliminar focos de larvas e mosquitos podem ser acionados por meio de um aplicativo.

> Quer receber nossas notícias 100% gratuitas pelo WhatsApp? Clique aqui e participe do nosso grupo de Saúde!

Chamado Colab, disponibiliza agendamento de visita, instalação de telas em caixa d'água e tratamento de áreas que estejam com água parada, por exemplo. Inclusive,  o próprio município fornece a tela e a instala para o morador, segundo a secretaria de Saúde.

"O Colab é uma ferramenta importantíssima no combate ao mosquito, já que possibilita ao cidadão participar do nosso trabalho, monitorar e até agendar serviços como a instalação de telas em caixa d'água desprotegida; a visita domiciliar do agente de endemias em casos que o morador não permanece em sua residência durante o dia; o tratamento de áreas alagadas e a denúncia anônima de focos de mosquitos", explica o coordenador da Vigilância Ambiental em Saúde da Serra, José Neres Santana Junior.

Para utilizar, basta baixar o aplicativo em colab.re ou na loja de aplicativo do celular; fazer o cadastro e encaminhar as demandas com fotos.

Pontos de hidratação atendem moradores com dengue 

Desde o fim de fevereiro foram disponibilizados os chamados "pontos de hidratação". Espalhados pela cidade, oferecem quatro serviços. O objetivo é otimizar o diagnóstico e os cuidados contra a dengue.

O atendimento é realizado por livre demanda, ou seja, não é necessário agendar. Nos pontos, é feita a aplicação de soro para hidratação via oral ou venosa, exames e prescrição de medicações. O atendimento é realizado por médicos ou enfermeiros, segunda a sexta-feira, nos seguintes locais:

1. Unidades Regionais de Saúde de Novo Horizonte;

2. Feu Rosa;

3. Jacaraípe;

4. Prédio da antiga Maternidade de Carapina, em Jardim Limoeiro.

*Horários:

- Feu Rosa, das 8h às 17 horas;

- Jacaraípe, das 8h às 17 horas;

- Novo Horizonte, das 9h às 17 horas;

- Antiga Maternidade de Carapina, das 7h às 19 horas.

LEIA TAMBÉM: Fentanil: o que é e quais os riscos do anestésico apreendido no ES?

Últimas