Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Notícias R7 – Brasil, mundo, saúde, política, empregos e mais
Publicidade

Morte de Luanne Jardim: "Foi um homicídio", diz pai de influenciadora

A influenciadora de 30 anos foi morta no último domingo, quando o carro em que ela estava com o marido e uma criança foi perseguido...

Folha Vitória

Folha Vitória|Do R7

Folha Vitória
Folha Vitória Folha Vitória

A morte da influenciadora Luanne Jardim, de 30 anos, foi registrada como uma tentativa de assalto no Rio de Janeiro, mas o pai da vítima disse não acreditar nessa hipótese.

Na segunda-feira (22), Atanael Jardim dos Santos esteve no Instituto Médico Legal (IML) para liberar o corpo da filha, e comentou as desconfianças dele sobre as circunstâncias do crime.

"Com certeza, isso não foi um mero furto ou latrocínio [roubo seguido de morte]. Isso foi um homicídio. Porque ninguém vai roubar um carro e atira de dentro do automóvel com o vidro fechado. Nunca vi isso acontecer. Não sabia disso, que alguém vai assaltar um carro com vidro fechado e atira", disse.

De acordo com as primeiras informações, na noite do último domingo (21), o carro em que a influenciadora estava com o marido e uma criança foi perseguido por outro automóvel na saída 4 da linha Amarela, que liga as zonas norte e oeste. 

Publicidade

Os suspeitos dispararam, e Luanne foi baleada no coração. Ela chegou a ser levada para um hospital no Méier, mas não resistiu aos ferimentos. 

A Polícia Civil abriu uma investigação para apurar o caso e informou que a Divisão de Homicídios tenta identificar a autoria e esclarecer a motivação do crime.

Publicidade

Luanne tinha deixou dois filhos. Com mais de 300 mil seguidores, ela era conhecida por compartilhar conteúdos sobre emagrecimento e superação. 

Com informações do Portal R7. 

Publicidade

Leia também: 

>> Morte de Luanne Jardim: "Foi um homicídio", diz pai de influenciadora

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.