Folha Vitória Mortes, ferido e mais de 230 fora de casa após fortes chuvas no ES

Mortes, ferido e mais de 230 fora de casa após fortes chuvas no ES

Somente em Alegre, choveu 114 milímetros e 154 pessoas estão desalojadas

Foto: Leonardo Amaral
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

As fortes chuvas que atingem o Espírito Santo desde o início da semana já deixou, pelo menos, dois mortos, um ferido e 233 pessoas desalojadas ou desabrigadas em diversas cidades. O município mais atingido foi Alegre, onde, em 24 horas, choveu 114 milímetros.

Segundo o boletim mais recente da Defesa Civil Estadual, somente em Alegre são calculados 154 pessoas desalojadas. Além da cidade, Cariacica tem 10 fora de casa, Colatina tem 8, 2 em Guaçuí, 6 em Nova Venécia e 14 em São Mateus.

Em Linhares, 39 moradores foram encaminhadas para o Ginásio do bairro Conceição. Elas precisaram deixar suas casas em decorrência da cheia do Rio Doce, que continua acima da cota de inundação.

Foto: Reprodução
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Além de Alegre, houve alto acumulado de chuva em Guaçuí, com 77,65 mm. Na Grande Vitória, a cidade onde mais choveu foi Cariacica, com 37,56 mm.

Também em Cariacica, as 10 pessoas são da mesma família e ficaram desalojadas em Alto Lage após o muro da casa em que moram desabar na última terça-feira (15), durante a forte chuva que atingiu a Grande Vitória. Além da casa de dois andares, a Defesa Civil também interditou a escada que dá acesso ao local.

Segundo a Defesa Civil, a causa do desabamento da parte de cima foi a irregularidade na obra feita no terreno de baixo. A pessoa responsável pela construção fez uma escavação irregular.

Nesta quarta-feira (16), um homem morreu em decorrência da forte chuva que atingiu o município de Alegre. A informação foi confirmada pelo prefeito da cidade, Nirrô Emerick.

Segundo o prefeito, a vítima é José Luiz Albani, funcionário aposentado do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf) e ex-secretário de Agricultura do município. José Luiz teria sido atingido por um muro, que caiu durante a chuva.

Em um comunicado divulgado nas redes sociais, a Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) informou que o muro que causou a morte do aposentado circunda o campus de Alegre e atingiu parte de uma residência nas proximidades.

Em Nova Venécia, um homem morreu ao ser arrastado pela correnteza de um rio, durante uma enchente que atingiu o distrito de Guararema, interior do município.

De acordo com informações da Defesa Civil, o homem teria estacionado o carro ao lado de uma escola, bem próximo ao rio. Quando a água começou a subir, ele seguia em direção ao veículo para retirá-lo do local.

Enquanto ele tentava chegar no carro, um caminhão passou rápido pelo local e se formou uma onda, jogando o homem para dentro do rio. Com a força da correnteza, ele foi arrastado e chegou a ficar desaparecido. A Defesa Civil informou que o corpo foi encontrado na manhã desta quarta-feira.

Casagrande viaja para Alegre após temporal

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, viajará para Alegre, na Região do Caparaó, para acompanhar os impactos causados pela chuva que atingiu o município nesta quarta-feira (16). 

A previsão é de que Casagrande chegue a Alegre por volta das 8 horas. Em sua conta no Twitter, o governador disse que visitará os locais afetados pelas chuvas e anunciará medidas de apoio aos municípios da região que também sofreram impactos.

Últimas