Folha Vitória Motorista é preso suspeito de atropelar e ameaçar motociclista em Vila Velha

Motorista é preso suspeito de atropelar e ameaçar motociclista em Vila Velha

Segundo informações da Polícia Militar, o condutor estava com a CNH cassada desde 2021 e ainda estava armado

Folha Vitória
Foto: Reprodução TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Um homem foi preso suspeito de atropelar e ainda ameaçar um motociclista no bairro Soteco, em Vila Velha. O caso aconteceu nesta terça-feira (17). Após o atropelamento, o condutor do carro foi para um posto de combustíveis beber.

Devido ao acidente, o motociclista ficou com os pés feridos, mas mesmo assim, fez questão de procurar a Delegacia Regional de Vila Velha para registrar o boletim de ocorrência.

>> Quer receber nossas notícias 100% gratuitas? Participe do nosso grupo de notícias no WhatsApp ou entre no nosso canal do Telegram!

O homem de 41 anos tem medo e por isso prefere não ser identificado. Ele contou que na manhã desta terça-feira estava em cima de uma moto quando foi atropelado e ameaçado de morte por um motorista.

"Do nada, esse cidadão bateu na traseira da minha moto, eu caí no chão, tive uma luxação nos dois lados da perna. Quando ele saiu do carro, ele estava bastante bêbado, caiu duas vezes, não conseguia andar aí depois ele conseguiu voltar para o carro com muita dificuldade. Ele me ameaçou na hora, depois eu saí de perto", contou a vítima.

Segundo o motociclista, o suspeito saiu da cena do crime e foi beber em um posto de combustíveis no bairro Cocal, em Vila Velha.

Após a polícia ter sido acionada, o suspeito foi preso. O homem, que não teve o nome revelado, foi levado para a delegacia. Com dificuldades para caminhar, ele precisou ser amparado por um militar.

O motorista usava uma camisa da Secretaria de Justiça (Sejus), porém, não há informações confirmadas sobre o vínculo dele com a Sejus.

LEIA TAMBÉM: Justiça do ES condena empresários do ramo de bebidas por sonegação fiscal

A vítima tem uma vida corrida. Durante o dia, ele trabalha em uma construção, já à noite, ele atua como técnico de enfermagem em um hospital.

Além disso, o rapaz ainda faz faculdade e cuida das duas filhas. Devido às lesões, ele vai ficar parado por alguns dias até se recuperar totalmente.

"A princípio, por ser plantonista, eu vou ficar afastado por dois plantões e ainda vou atrasar o serviço de pedreiro para uma mulher porque somos três e hoje já não vou poder entregar a obra do banheiro", contou o motociclista.

Motorista tinha CNH cassada e estava armado

A Polícia Militar informou que o homem fez o teste do bafômetro, que deu negativo, e a CNH dele estava cassada desde 2021. 

Ao consultar a documentação da arma encontrada com ele, a polícia constatou que o homem possuía posse registrada com data de validade até 5 de julho de 2026, porém não tinha porte.

LEIA TAMBÉM: Ladrão é detido por passageiros ao tentar assaltar ônibus em Vitória

Para a polícia, o motorista afirmou ser agente da Sejus, mas a esposa dele afirmou que o companheiro seria designação temporária (DT) e que o contrato com a secretaria já foi encerrado.

O suspeito foi encaminhado para a Delegacia Regional de Vila Velha. A Polícia Civil disse que a ocorrência está em andamento e por isso não possui mais informação sobre a autuação do suspeito.

* Com informações da repórter Suellen Araújo, da TV Vitória/Record TV

Últimas