Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

MP mostra impacto da pandemia de Covid-19 em instituições para idosos

Foram detectados 2.988 casos da doença entre os idosos residentes e trabalhadores que prestam estes serviços nos últimos três anos...

Folha Vitória|

Folha Vitória
Folha Vitória Folha Vitória

Um relatório do Ministério Público do Espírito Santo (MPES), divulgado nesta quarta-feira (31), mostrou o impacto da pandemia de Covid-19 em instituições de Longa Permanência de Idosos no Estado no período de abril de 2020 até abril deste ano. 

O relatório foi realizado pelo MPES por meio do Centro de Apoio Operacional Cível e de Defesa da Cidadania (CACC) em todas as 101 instituições públicas e particulares do Estado, localizadas em 37 cidades, o que abrange 47,43% do território estadual. Ao todo, são 4 serviços públicos, 35 beneficentes e 62 particulares. 

A pesquisa foi realizada por meio de questionários online. No início da pandemia, os questionários eram respondidos duas vezes por semana, com o período se estendendo para 30 dias com o início e avanço da vacinação no Estado. 

Resultados

Continua após a publicidade

Os resultados mostraram que no período de três anos foram detectados 1.720 diagnósticos da doença entre os idosos residentes e 1.268 entre os trabalhadores que prestam estes serviços, totalizando 2.988 casos. Além disso, o período também registrou 170 óbitos de residentes. 

O ano de 2022 foi o que registrou maior número de casos, com 713 e superando inclusive o início da pandemia, que contabilizou 623. O ano passado foi também o que registrou mais trabalhadores infectados, com 487. 

Continua após a publicidade

Apesar dos altos números, 2022 registrou uma queda de o 25,71% no número de óbitos em relação a 2020, registrando 27 contra 105 no ano em que a pandemia teve início.

>> Quer receber nossas notícias 100% gratuitas? Participe da nossa comunidade no WhatsApp ou entre no nosso canal do Telegram!

Continua após a publicidade

No primeiro ano de pandemia, as instituições particulares registraram mais casos do que as públicas, com 324 casos. Cenário que se inverteu nos dois anos seguintes, com as instituições sem fins-lucrativos com o triplo do número de casos, 517 contra 172. 

Já em 2023, ano em que a pesquisa foi concluída, o Espírito Santo registrou seis novos casos de covid em instituições para idosos: quatro deles na capital Vitória, um na Serra e outro em Castelo. Dois destes casos evoluíram para óbito. Além disso, outros dois casos foram registrados em trabalhadores. 

Leia Também: Pressão alta? Entenda o que provocou a internação de Sidney Magal

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.