Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Mulher é morta a facadas em Vitória e enteado de 13 anos é o suspeito

O menino de 13 anos e o pai foram encaminhados para a delegacia para prestarem depoimento

Folha Vitória|

Folha Vitória
Folha Vitória Folha Vitória

Uma mulher de 37 anos foi morta a facadas, no bairro Maria Ortiz, em Vitória. Segundo a polícia, o principal suspeito de ter cometido o crime é o enteado da vítima, um adolescente de apenas 13 anos.

Tudo aconteceu por volta das 2h20, na madrugada deste sábado (15). De acordo com vizinhos, a vítima saiu de dentro de casa agonizando. Algumas pessoas tentaram ajudar, mas ela não resistiu às várias facadas pelo corpo. Os vizinhos acionaram o Samu, mas a polícia chegou primeiro. 

>> Quer receber nossas notícias 100% gratuitas? Participe da nossa comunidade no WhatsApp ou entre no nosso canal do Telegram!

Segundo vizinhos, ela e o marido trabalhavam vendendo hambúrgueres. Pouco antes de a esposa ser ferida, ele saiu para entregar alguns lanches, mas no meio do caminho, foi avisado que ela foi esfaqueada.

Publicidade

Quando os militares assumiram a situação, após constatarem o óbito da mulher, começaram a questionar sobre a autoria do crime. Foi aí que perceberam sinais estranhos.

Um dos enteados da vítima, um menino de 13 anos, estava muito agitado e com as mãos cortadas e sujas de sangue. O garoto teria contado que não viu o que aconteceu e que se feriu enquanto cortava um ingrediente.

Publicidade

Vizinhos contaram que, antes de morrer, a vítima teria gritado para que o adolescente parasse. A partir dessas informações, a polícia começou a desconfiar que o adolescente teria matado a madrasta.

A mulher morava de aluguel no local há cerca de três anos. Ela era casada e criava os dois filhos do marido, de 11 e de 13 anos. Vizinhos relataram que a vítima costumava bater nos meninos e o adolescente mais velho chegou a fugir de casa há cerca de um mês.

Publicidade

No local nenhum familiar foi localizado para falar sobre a relação entre madrasta e enteado. O marido da vítima não quis se pronunciar.

O corpo dela foi levado ao Departamento Médico Legal de Vitória. O menino de 13 anos e o pai foram encaminhados para a delegacia para prestarem depoimento.

Publicidade

A Polícia Civil informou que o adolescente vai responder por ato infracional análogo ao crime de homicídio qualificado. Ele será apresentado à Justiça.

*Com informações da repórter Nathália Munhão, da TV Vitória/Record TV

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.