Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Mulheres que alugavam celulares para detentos do semiaberto são presas em Cariacica

Elas foram flagradas com quase 30 aparelhos no Terminal de Campo Grande. Os celulares eram entregues pela manhã e recolhidos durante...

Folha Vitória

Folha Vitória|Do R7

Duas mulheres, de 23 e 31 anos, foram detidas dentro de Terminal de Campo Grande, em Cariacica, na manhã desta quarta-feira (15). Elas alugavam celulares para detentos do regime semiaberto da Grande Vitória. Com elas, foram apreendidos 27 aparelhos com carregadores.

A prisão aconteceu durante uma ação conjunta das polícias Civil, Militar e Penal. Segundo as forças de segurança, as mulheres disponibilizavam celulares para os detentos que tinham permissão para sair para trabalhar todos os dias. 

>> Quer receber nossas notícias 100% gratuitas? Participe da nossa comunidade no WhatsApp ou entre no nosso canal do Telegram!

Os celulares eram guardados em sacos plásticos, etiquetados com os nomes dos detentos, com maços de cigarros e outros pertences. As duas, segundo a Polícia Militar, moram próximo ao terminal.

Publicidade

De acordo com a polícia, no horário em que os detentos saíam para as atividades diárias fora do presídio e iam para o terminal, as mulheres entregavam os aparelhos.

Depois, à noite, quando eles terminavam o dia de trabalho e voltavam para o terminal, eles reencontravam com as mulheres, que pegavam os telefones de volta para serem entregues, novamente, no dia seguinte.

Publicidade

A entrega dos aparelhos, segundo a polícia, acontecia bem perto de uma casa de doces que fica dentro do terminal, em uma área mais reservada, para não chamar muita a atenção.

Segundo os militares, os detentos que estão na modalidade do semiaberto, não podem ter e nem usar celular. As mulheres foram levadas para o DPJ de Cariacica.

Publicidade

Chegando na delegacia, as mulheres foram questionadas pelos policiais sobre a origem de tantos celulares e elas informaram que não sabiam a origem dos aparelhos.

Agora, a polícia investiga se os telefones são de origem ilícita, ou seja, com alguma restrição de furto e roubo. Já em relação aos homens, três foram detidos e encaminhados também para o DPJ de Cariacica para outros esclarecimentos.

Leia também: Jovem de 21 anos é morto a tiros em Vila Velha

*Com informações da repórter Alice Mourão, da TV Vitória/Record TV

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.