Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Neurociência auxilia estratégias de marketing

A aplicação envolve estudos sobre como os processos cognitivos e comportamentais influenciam na tomada de decisão dos consumidores

Folha Vitória|

Foto: Divulgação/DINO

De acordo com dados levantados pela pesquisa Comportamento do Consumidor da Opinion Box, há algumas tendências de comportamento de consumo que devem ser levadas em consideração no momento da elaboração das estratégias de marketing, tais como: a forte presença da geração z chegando ao mercado de trabalho, o que traz à tona a relevância de pensar em estratégias focadas para as redes sociais, e o comportamento mobile, uma vez que 8 em cada 10 consumidores fazem compra pelo celular e o marketing de relacionamento, onde a marca precisa estar disponível para criar uma relação com o seu cliente. 

Com isso, uma das estratégias possíveis de serem aplicadas ao marketing é a utilização da neurociência, que visa entender como o cérebro humano processa e interpreta a informação, a fim de auxiliar no desenvolvimento de estratégias mais eficazes. Ela oferece um conjunto de ferramentas para entender melhor o comportamento do consumidor, possibilitando que os profissionais de marketing identifiquem os fatores que influenciam a decisão de compra, bem como as reações emocionais que ocorrem durante o processo de consumo.

Para Mariana Provazi, especialista em neuromarketing, neurolinguística e comunicação humanizada, a abordagem da neurociência pode ajudar os profissionais de marketing a se desenvolverem nos pontos citados anteriormente, os auxiliando na criação de campanhas mais eficazes e melhorando o branding da marca. 

Publicidade

“A neurociência pode, por exemplo, ajudar a identificar e utilizar as cores certas para despertar determinadas respostas emocionais. Além disso, também pode ajudar a direcionar melhor os recursos de marketing, como anúncios e mídia, para obter o máximo retorno”, explica. 

Na pesquisa citada, em um levantamento realizado sobre o WhatsApp, foi possível constatar que 75% dos entrevistados consideram que tirar dúvida ou pedir informações são os principais motivos para falar com a empresa pela plataforma, por isso, Mariana reforça a importância da comunicação humanizada a partir de técnicas como o neuromarketing. “A comunicação nos traz infinitas possibilidades principalmente no quesito empresarial quando utilizamos de suas técnicas de forma consciente e correta”, pontua. 

Publicidade

“Essencialmente, a neurociência aplicada ao marketing permite que os profissionais da área entendam melhor o cérebro humano, para criar campanhas de marketing mais eficazes e com isso atingir os resultados mais positivos de vendas”, finaliza. 

Para mais informações, basta acessar: https://www.instagram.com/marianaprovazi/ ou https://www.instagram.com/humanizacomunicacao/

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.