Folha Vitória Novos mercados mostram rápido retorno financeiro em MG

Novos mercados mostram rápido retorno financeiro em MG

Minas Gerais, segundo melhor estado para investir, apresenta possibilidades para negócios lucrativos

Folha Vitória
Foto: Divulgação/DINO

Empreender é transformar soluções em oportunidades lucrativas. Abrir um negócio hoje permite independência e a possibilidade de focar em oferecer um serviço especializado de qualidade. Não se trata de uma tarefa fácil, entretanto, planejando e fazendo boas parcerias e escolhas, é possível prosperar. 

Uma das primeiras decisões é onde abrir o negócio. Segundo pesquisa divulgada pelo Jornal Diário do Comércio, que mede os ambientes de negócios no mundo todo, Minas Gerais é o 2º melhor lugar do país para empreender, ficando atrás apenas de São Paulo. 

E os nichos de atuação são os mais variados possíveis, saindo do que antes eram opções óbvias e mais limitadas. Através da ajuda da tecnologia, é possível expandir a prestação de serviços para atender a população em suas casas, trabalhos e até veículos.

Um exemplo é o mercado de vistoriadoras veiculares, que abre um novo nicho após o Detran MG publicar portaria para ECVs (Empresas Credenciadas de Vistoria) poderem atuar de maneira terceirizada. Através de softwares específicos, que conectam esses negócios aos órgãos regulamentadores, uma nova possibilidade empreendedora surgiu.

Segundo Glauco Petelencar, gerente comercial da Ibrascan, "essa abertura de mercado é mais um passo importante porque a terceirização funciona, promove empregos e deixa o governo menos sobrecarregado, para que possa sanar outras demandas mais urgentes".

Outros benefícios destes novos negócios são os rápidos retornos financeiros. No caso de uma ECV, por exemplo, o retorno pode vir em menos de um ano, e com demanda recorrente, se tornar altamente rentável.

Últimas