Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Paciente morto por bala perdida em hospital era lúcido, vaidoso e assistia TV

Daniel Ribeiro Campos da Silva, de 68 anos, morreu após ser atingido por um tiro na cabeça dentro de um hospital na Avenida Leitão...

Folha Vitória|

Folha Vitória
Folha Vitória Folha Vitória

O clima era de muita comoção e revolta no enterro do idoso, Daniel Ribeiro Campos da Silva, de 68 anos, que morreu após ser atingido por uma bala perdida em uma cama de um hospital, no bairro Gurigica, em Vitória. Ele estava internado há cerca de dois anos na unidade de longa permanência.

A cerimônia aconteceu na manhã desta segunda-feira (26), o cemitério de Maruípe, em Vitória. De acordo com o delegado-geral da Polícia Civil, José Darcy Arruda, a perícia identificou que a bala que atingiu o idoso teria sido disparada de um morro na região, que fica a 33 metros de distância.

>> Quer receber nossas notícias 100% gratuitas? Participe da nossa comunidade no WhatsApp ou entre no nosso canal do Telegram!

Abalada, a filha do idoso, Samanta Ribeiro, disse em entrevista que mesmo em meio às limitações do dia a dia, devido à doença e internação, o pai era lúcido e tinha muita vontade de viver.

Publicidade

"Ele era lúcido, ele assistia programas na televisão, ria, ele amava viver e tinha força de viver. Quando eu cheguei vi os policiais escoltados no vidro e se escorando ali, eu não entendi o que era. Minha cabeça estava toda no meu pai", narra. 

Veja vídeo do paciente:

A filha também falou sobre a maneira trágica com que o pai perdeu a vida. "Não era o tipo de partida que gostaríamos, mas sabemos que agora ele está descansando", finaliza. 

Publicidade

Jerusa Durr, amiga de Daniel Ribeiro, disse que ficou sabendo da morte do amigo por meio de uma ligação do hospital e lembrou o quanto ele era vaidoso. 

"O Daniel era uma pessoa alegre, era vaidoso, gostava de fazer a barba toda sexta-feira (24). No sábado, a minha nora passou o dia todo com ele, foi uma despedida", disse a amiga Jerusa.

Publicidade

Pelo menos três mortes foram registradas na madrugada de domingo

Ao menos três mortes foram registradas entre a noite de sábado (24) e a madrugada de domingo (25), em Vitória. De acordo com a polícia, por volta das 20h de sábado, houve um acionamento para homicídio no bairro São Cristóvão. Ao chegarem no local, os militares foram informados que criminosos tentaram sequestrar um jovem de 23 anos próximo a um posto de gasolina da região.

Samuel Cesquini da Silva teria reagido e foi atingido por vários disparos de arma de fogo e morreu no local. Ainda segundo a polícia, ele já teria passagens por tráfico de drogas.

Publicidade

Pouco tempo depois, às 21h, outra atuação da polícia terminou com um homem baleado no Morro do Macaco. Gabriel Januário, de 22 anos, teria atirado contra os agentes durante abordagem.

* Com informações da repórter Ana Carolina Mota da TV Vitória/ Record TV 

LEIA TAMBÉM: Tiro que matou idoso em hospital foi disparado em morro a 33 metros de distância, diz polícia

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.