Folha Vitória Passa de 2,8 mil o número de pessoas fora de casa por conta das chuvas no ES

Passa de 2,8 mil o número de pessoas fora de casa por conta das chuvas no ES

Em Linhares, há 600 desalojados e 169 desabrigados. Também há pessoas sem ter onde morar em São Mateus, Fundão e Aracruz

Folha Vitória
Foto: Iures Wagmaker/Folha Vit´ória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O número total de desabrigados ou desalojados por conta das consequências das chuvas no Espírito Santo chegou a 2,8 mil. As informações são do boletim da Defesa Civil Estadual, atualizado às 11 horas desta sexta-feira (02). Uma pessoa morreu.

>> Quer receber nossas notícias 100% gratuitas? Participe do nosso grupo de notícias no WhatsApp ou entre no nosso canal do Telegram!

Segundo o levantamento, o Estado tem um total de 2.802 afetados, sendo que 2.228 desalojados e 574 desabrigados. No conceito das forças de segurança, desalojado é aquele cuja residência ainda está em condições de uso. Já o desabrigado é quem teve a moradia destruída.

A cidade com maior número de desalojados e também de desabrigados no Espírito Santo é Viana, na região metropolitana de Vitória. Por lá, são 869 desalojados e 162 desabrigados.

Na cidade, o rio Formate transbordou, inundando vários bairros. A prefeitura do município decretou estado de calamidade pública e as aulas na cidade foram suspensas nesta tarde.

Leia também: Rodovias federais e estaduais seguem com interdições; veja trechos

Uma pessoa morreu em Viana sendo, até agora, a primeira vítima das chuvas. Um idoso morreu após a casa em que ele morava com a esposa desabar durante a madrugada desta quinta. 

Em Linhares, há 600 desalojados e 169 desabrigados. Também há pessoas sem ter onde morar em São Mateus, Fundão e Aracruz.

Volume de chuva

Segundo o boletim extraordinário da Defesa Civil do Espírito Santo, o maior volume de chuva das últimas 24 horas foi registrado em João Neiva, com 138,06 mm. seguido por Ibiraçu, com mais de 130 mm.

Últimas