Folha Vitória Rei da lipo HD, Fabricio Bervian dá dicas das famosas na cirurgia plástica

Rei da lipo HD, Fabricio Bervian dá dicas das famosas na cirurgia plástica

Bons resultados dependem de uma recuperação pós-cirurgia plástica bem feita, mas celebridades usam truques para turbinar o processo

Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

O resultado de uma cirurgia plástica, como qualquer outro procedimento estético, depende bastante do pós-operatório. No caso de uma cirurgia plástica, o principal é o paciente respeitar as regras e proibições. 

As famosas que volta e meia estão na mesa de cirurgia, por outro lado, obedecem ainda mais às recomendações pré e pós-procedimento para conseguirem uma recuperação mais rápida. Ludmilla e Anitta são duas das artistas que já assumiram terem se submetido a uma lipoaspiração e até tiraram licença do trabalho para a recuperação. 

Mas de acordo com o cirurgião Fabricio Bervian, há quatro principais passos essenciais para esse bom pós-operatório. 

LEIA TAMBÉM: "Homem mais bonito do mundo" de Anitta pede desculpa e elogia: "Não agradeci, não falo português"

“Os cuidados adotados no pós-operatório influenciam não só na recuperação e na cicatrização, mas também no resultado do procedimento”, destaca o "rei da lipo HD", como é conhecido na web, por ser um dos experts do procedimento. 

Só no Instagram, o doutor tem mais de 86 mil seguidores. E fala: “Sem comprometimento do paciente, o trabalho do cirurgião pode ser substancialmente prejudicado”. 

Curativo: "O paciente deve evitar movimentos bruscos na região operada. Além de romper os pontos, a movimentação inadequada pode deslocar os tecidos. Na prática, isso prejudica a cicatrização e os resultados da plástica".

Alimentação: "Uma dieta leve e nutritiva contribui para acelerar o processo de cicatrização. Desse modo, o melhor a fazer é evitar alimentos gordurosos e muito calóricos, investindo em uma alimentação rica em vitaminas".

Drenagem: "Embora alguns pacientes adiem, é importante não postergar a realização da drenagem linfática. Acontece que a região operada passa por um processo inflamatório, causando edemas, dor e falta de sensibilidade. A drenagem direciona o líquido acumulado após a cirurgia para os vasos linfáticos. Em seguida, o excesso será eliminado pela urina".

Bebida: "Durante o pós-operatório, nada de álcool. Isso porque o álcool, ao afinar o sangue, aumenta o risco de sangramento, além de cortar o efeito dos remédios para a dor e dos anti-inflamatórios".

Últimas