Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Rei da lipo HD, Fabricio Bervian dá dicas das famosas na cirurgia plástica

Bons resultados dependem de uma recuperação pós-cirurgia plástica bem feita, mas celebridades usam truques para turbinar o processo

Folha Vitória|

Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

O resultado de uma cirurgia plástica, como qualquer outro procedimento estético, depende bastante do pós-operatório. No caso de uma cirurgia plástica, o principal é o paciente respeitar as regras e proibições. 

As famosas que volta e meia estão na mesa de cirurgia, por outro lado, obedecem ainda mais às recomendações pré e pós-procedimento para conseguirem uma recuperação mais rápida. Ludmilla e Anitta são duas das artistas que já assumiram terem se submetido a uma lipoaspiração e até tiraram licença do trabalho para a recuperação. 

Mas de acordo com o cirurgião Fabricio Bervian, há quatro principais passos essenciais para esse bom pós-operatório. 

Publicidade

LEIA TAMBÉM: "Homem mais bonito do mundo" de Anitta pede desculpa e elogia: "Não agradeci, não falo português"

“Os cuidados adotados no pós-operatório influenciam não só na recuperação e na cicatrização, mas também no resultado do procedimento”, destaca o "rei da lipo HD", como é conhecido na web, por ser um dos experts do procedimento. 

Publicidade

Só no Instagram, o doutor tem mais de 86 mil seguidores. E fala: “Sem comprometimento do paciente, o trabalho do cirurgião pode ser substancialmente prejudicado”. 

Curativo: "O paciente deve evitar movimentos bruscos na região operada. Além de romper os pontos, a movimentação inadequada pode deslocar os tecidos. Na prática, isso prejudica a cicatrização e os resultados da plástica".

Publicidade

Alimentação: "Uma dieta leve e nutritiva contribui para acelerar o processo de cicatrização. Desse modo, o melhor a fazer é evitar alimentos gordurosos e muito calóricos, investindo em uma alimentação rica em vitaminas".

Drenagem: "Embora alguns pacientes adiem, é importante não postergar a realização da drenagem linfática. Acontece que a região operada passa por um processo inflamatório, causando edemas, dor e falta de sensibilidade. A drenagem direciona o líquido acumulado após a cirurgia para os vasos linfáticos. Em seguida, o excesso será eliminado pela urina".

Bebida: "Durante o pós-operatório, nada de álcool. Isso porque o álcool, ao afinar o sangue, aumenta o risco de sangramento, além de cortar o efeito dos remédios para a dor e dos anti-inflamatórios".

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.