Folha Vitória Restoque aumenta capital com aporte de R$ 100 mi e muda o nome para Veste

Restoque aumenta capital com aporte de R$ 100 mi e muda o nome para Veste

Empresa dona da Le Lis Blanc, John John e Dudalina faz mudanças e traz novos recursos para acelerar o crescimento.

Folha Vitória
Foto: Divulgação/DINO

O conselho da Restoque, dona da Le Lis Blanc, John John e Dudalina, aprovou uma série de medidas para acelerar o crescimento da companhia. As mudanças fazem parte do movimento de estruturação que se iniciou com a entrada dos novos sócios, como os Fundos administrados pela WNT Gestora de Recursos, que tem como principal investidor o Banco Master, do banqueiro Daniel Vorcaro. Responsável pela reestruturação. 

Além dos investimentos, as medidas também incluem a mudança de nome da empresa, que passa a ser chamada de Veste S.A. Estilo (VSTE3). "O aumento de capital aprovado será aplicado em reformas de lojas físicas e transformação digital, acelerando o planejamento que a empresa vem implementando nesses últimos dois anos", comenta Daniel Vorcaro.

Conforme o último balanço financeiro da agora Veste, o faturamento bruto deste período foi de R$ 351,8 milhões, um crescimento de 26,3% quando comparado ao mesmo período do ano passado. A margem bruta de 61,0% representa um acréscimo de 4,1% quando comparado com o terceiro trimestre de 2021. O Ebitda registrou R$ 55,5 milhões, uma variação de 79,9%.

Para 2022, a Veste projeta o faturamento bruto de R$ 1,3 bilhão, um crescimento de 21%, um lucro bruto de R$ 660 milhões e EBITDA de cerca de R$ 200 milhões, um crescimento de 115%. O novo aporte tem o objetivo de acelerar esse crescimento para 2023. 

Últimas