Folha Vitória Rio transborda e deixa ruas e avenidas alagadas em São José do Calçado

Rio transborda e deixa ruas e avenidas alagadas em São José do Calçado

`Por conta da chuva, foram registrados diversos pontos de alagamentos no município e quedas de barreiras na zona rural

Folha Vitória
Foto: Reprodução/ PMSJC
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

As ruas e avenidas de São José do Calçado, no Sul do Espírito Santo, amanheceram alagadas por conta das fortes chuvas que atingiram o município desde a noite desta terça-feira (24).

>> Quer receber nossas notícias 100% gratuitas? Participe do nosso grupo de notícias no WhatsApp ou entre no nosso canal do Telegram!

De acordo com o boletim da Defesa Civil do Estado, divulgado às 6h desta quarta-feira (25), São José do Calçado registrou, em 24 horas, 98,4 milímetros de chuva. Esse é o terceiro maior volume de chuva no período entre os municípios capixabas.

Foto: Reprodução/ PMSJC
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Segundo a prefeitura, por conta da chuva, foram registrados diversos pontos de alagamentos no município e quedas de barreiras na zona rural. Em imagens divulgadas pela prefeitura, é possível ver o volume de água em alguns locais, como próximo à Rodoviária. 

Algumas ruas também tiveram os paralelepípedo arrancados com a força da água. A prefeitura informou que já acionou as equipes da Defesa Civil e das secretarias de Assistência Social e Agricultura para fazer um levantamento dos danos e das famílias atingidas pelas cheias do rio que passa pela cidade.

Foto: Reprodução/ PMSJC
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Em um primeiro momento, segundo a gestão municipal, serão fornecidas marmitas e água potável para as famílias. A Secretaria de Assistência Social irá elaborar um relatório para enviar ao Governo do Estado para solicitar cestas básicas, colchões, kits de higiene pessoal.

LEIA TAMBÉM: Chuva causa alagamentos, destrói pontes e deixa cidade sem sinal de telefone e internet no ES

A orientação da Coordenadoria de Defesa Civil é que os moradores de áreas alagadas, a qualquer sinal de cheia, coloquem seus documentos pessoais em uma sacola plástica e procurem abrigo o mais rápido possível.

Últimas