Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Roupas e acessórios bombam em vendas na web, diz especialista

Dhiego Rosa relata que itens de luxo estão entre os que mais buscados de 2022 para cá, o que mostra mudança no hábito de consumo no...

Folha Vitória

Folha Vitória|Do R7

Folha Vitória
Folha Vitória Folha Vitória

De 2020 para cá, mais de 23% das vendas do e-commerce representaram algum tipo de compra nesse sentido, segundo pesquisa do Mercado Livre, em um volume de venda que movimentou o negócio de mais de 720 mil vendedores.

Em segundo lugar ficaram casas, móveis e objetos de decoração.

LEIA TAMBÉM: Obra de R$ 20 milhões: Carlos Gomes terá tecnologia da Royal, de Londres

“Apesar de ser particularmente contra apostar em nichos para vender, existem formas de explorar os interesses de determinados tipos de produtos para prosperar. O segredo, sempre, é ter a maior margem de lucro possível em cima dos produtos, que é isso que fará a possibilidade de investimento ser cada vez maior”, avalia Dhiego Rosa, especialista do ramo.

Publicidade

“Há mais de 8 milhões de anúncios no Mercado Livre e eles vendem muito. Se há um bom ranqueamento, se terá um volume de venda interessante e é o tipo de produto que permite giro rápido, porque a venda geralmente é volumosa por cliente, já que a pessoa não compra só um item”, explica.

Em quarto lugar estão livros revista e comics (aqui entram os objetos geek, por exemplo). Por último, estão produtos de beleza e cuidados. 

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.