Folha Vitória Suspeito de liderar tráfico e homicídios no Sul do ES é preso em boate no RJ

Suspeito de liderar tráfico e homicídios no Sul do ES é preso em boate no RJ

O homem, de 33 anos, foi preso em Macaé, no Rio de Janeiro; um dos homicídios foi registrado em dezembro de 2022, em Presidente Kennedy...

Folha Vitória
Foto: Reprodução
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Um homem de 33 anos foi preso no momento que saía de uma boate, localizada no município de Macaé, no Rio de Janeiro, durante a madrugada deste sábado (1º). Segundo a Polícia Civil, ele é suspeito de ser o líder do tráfico de drogas no município de Itapemirim, no Sul do Espírito Santo, e investigado em dois homicídios. 

A ação foi realizada pela Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), por meio da Delegacia Regional de Itapemirim, com apoio da Delegacia de Presidente Kennedy, da Polícia Militar do Espírito Santo (PMES) e da Polícia Militar do Rio de Janeiro. 

>> Quer receber nossas notícias 100% gratuitas? Participe do nosso grupo no WhatsApp ou entre no nosso canal do Telegram!

Segundo a Polícia Civil, ele também é investigado por dois homicídios. Um deles aconteceu em dezembro de 2022, em Presidente Kennedy, e o outro que aconteceu no dia 28 de fevereiro deste ano, no bairro Campo Acima, em Itapemirim.

Os homicídios estão relacionados à disputa por domínio da distribuição de drogas no litoral Sul do Espírito Santo. No sábado (1º), no bairro Campo Acima, os policiais apreenderam uma arma, que teria sido utilizada para a realização dos homicídios. 

Além disso, no mês de março, a Polícia Militar apreendeu uma granada, munições e droga em esconderijos utilizados pelo suspeito e ainda apreendeu cinco armas com indivíduos que faziam parte do grupo. 

O suspeito também é investigado por envolvimento em pichações em muros do bairro Rosa Meireles e outras localidades em Itapemirim, com a ordem de “baixar o farol e tirar o capacete”.

Após a prisão, ele foi encaminhado para o 128º Distrito de Polícia de Rio das Ostras e após os procedimentos de praxe, foi encaminhado ao presídio. “A necessidade de recambiamento de presos é uma decisão judicial”, acrescentou o delegado. 

LEIA TAMBÉM: Kauã e Joaquim: Acompanhe o julgamento de Georgeval, acusado de matar filho e enteado 

Últimas