Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Torcedores fazem confusão em lanchonete na BR-262 em Marechal Floriano

Uma funcionária da lanchonete explicou que a confusão começou após torcedores ficarem revoltados com a demora no atendimento

Folha Vitória

Folha Vitória|Do R7

Folha Vitória
Folha Vitória Folha Vitória

Membros de uma torcida organizada realizaram uma confusão e saquearam produtos de uma lanchonete, localizada no km 58,5 da BR 262, em Marechal Floriano, na região Serrana do Espírito Santo. A ação foi registrada na manhã deste sábado (04). 

Segundo informações, repassadas pela Polícia Militar, os suspeitos estavam uniformizados com a camisa de uma torcida organizada de um clube de futebol do estado de Minas Gerais que viajava em um comboio de oito ônibus e sigam sentido Minas Gerais x Vitória. 

Uma funcionária do estabelecimento, disse para a Polícia que, devido ao grande volume de pessoas no interior da lanchonete, o atendimento ficou parcialmente prejudicado, provocando descontentamento no grupo.

>> Quer receber nossas notícias 100% gratuitas? Participe da nossa comunidade no WhatsApp ou entre no nosso canal do Telegram!

Publicidade

Com a situação, a confusão foi iniciada, sendo subtraídos diversos produtos expostos a venda como copos térmicos, bebidas diversas, garrafas de vinho, pães, bolos, doces, sanduíches e ainda desrespeitaram os funcionários do caixa com palavras de baixo calão e atirando as comandas contra os corpos deles. 

Grande parte do grupo saiu do estabelecimento sem pagar pelo consumo e até o momento da chegada da PM os funcionários não haviam inventariado os produtos subtraídos. 

Publicidade

As equipes montaram um cerco tático próximo a um posto de combustível. Com o apoio de outras viaturas, os militares aguardaram a informação do Ciodes que após novo contato com a lanchonete o fato teria acontecido por volta das 8h10 e o solicitante havia acionado a força policial por meio do 191. 

"Devido ao lapso temporal e distância do local até o cerco da PM o comboio já havia passado e possivelmente estava na Região Metropolitana, fato este relatado as demais unidades", disse a Polícia por meio de uma nota. 

Publicidade

Sendo assim, os militares deslocaram até a lanchonete para obter mais informações sendo recepcionados por uma mulher que se apresentou como auxiliar administrativo e responsável no momento, uma vez que o gerente estava ausente. 

Após o ocorrido, a responsável pela lanchonete foi orientada a providenciar a relação dos produtos e objetos furtados bem como as imagens de vídeomonitoramento para que pudesse realizar o registro junto à Polícia Civil.

LEIA TAMBÉM: Homem é morto enquanto dormia ao lado do filho e da esposa em Viana 

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.