Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Trocar de emprego é desejo entre trabalhadores

Em 2023, 49% dos trabalhadores pretendem buscar outro trabalho

Folha Vitória

Folha Vitória|Do R7

Foto: Divulgação/DINO

Profissionais qualificados estão se arriscando mais, é o que mostra recente pesquisa da Robert Half. De acordo com o estudo, 49% dos entrevistados pretendem trocar de emprego em 2023. O desejo reflete as condições positivas do mercado de trabalho que, segundo o Índice de Confiança Robert Half (ICRH) de 2022, opera com taxa de desemprego de 4% entre trabalhadores qualificados.

O índice de desemprego geral, que também contempla os profissionais com mais de 25 anos e ensino superior, foi, no mesmo período, de 8,7%. Em ambos os casos, as taxas são as mais baixas desde 2015, o que demonstra uma recuperação do mercado de trabalho.

Quando perguntados sobre o objetivo da mudança, 61% desejam permanecer na mesma área, mas em outra empresa. Já 39% dos entrevistados pretendem mudar de área, segmento ou profissão.

Publicidade

Os dados apontam ainda que os principais motivos que levam os profissionais a trocarem de emprego são: melhores oportunidades de crescimento (72%), salário mais alto (53%), novos desafios (48%), benefícios mais atrativos (35%) e trabalho remoto ou híbrido (33%). Para a Diretora Comercial da TCHPAY, Gracielle Guimarães, “o mercado de trabalho está cada vez mais dinâmico. As empresas devem utilizar recursos para não perder o colaborador, ainda mais se for um profissional extremamente qualificado. Nesse momento, utilizar cartões de benefícios ou investir em premiações corporativas podem ser um diferencial para o profissional escolher ficar”, explica.

Quando questionados sobre a razão para mudar de área, 71% buscam por salários mais altos, 51% afirmaram ser para ter mais qualidade de vida, 47% estão atrás de realizações pessoais, 38% querem aprender algo novo e 35% preferem mais flexibilidade. Conforme a 22ª edição do ICRH, os motivos que mais atraem os profissionais numa empresa são remuneração, pacote de benefícios, possibilidade de crescimento, equilíbrio entre vida profissional e pessoal e bom relacionamento com colegas.

“A campanha de incentivo é uma estratégia que estimula a cooperação sadia entre colaboradores e reconhece o alto desempenho de cada um. Além disso, é possível reconhecer aquele colaborador de longa data na empresa ou a funcionária que descobre uma gravidez, por exemplo. Manter bons profissionais é um desafio cada dia maior”, finaliza Gracielle. 

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.