Folha Vitória VÍDEO | Mulher fica ferida após ser arrastada durante assalto na Serra

VÍDEO | Mulher fica ferida após ser arrastada durante assalto na Serra

Assustada e sem conseguir sair do lugar, a vítima foi arrastada por alguns metros até cair desmaiada no chão

Folha Vitória
Foto: Reprodução TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória
UMulher fica machucada após ser arrastada durante assalto em São Diogo I, na Serra

Uma vendedora, de 39 anos, foi arrastada durante um assalto no bairro São Diogo I, na Serra. De acordo com a mãe, a filha ficou machucada em várias partes do corpo. 

O crime aconteceu na noite desta quarta-feira (24). A mãe, Marli Santos, de 54 anos, contou que a família tem um bar na região e que todos estavam reunidos para assistir uma partida de futebol. 

A vendedora que estava acompanhada das filhas, de oito e nove anos, decidiu ir embora para que as crianças pudessem descansar.

"Por volta de 22h, ela me disse 'mãe já estou indo'. Elas entraram no carro e foram em direção à casa dela. No carro estavam: ela, uma amiga, e as duas filhinhas", relatou a mãe.

O assalto aconteceu quando a vendedora chegou na frente da residência onde mora. Segundo a mãe, as duas netas desceram e a FILHA, junto com a amiga, ficaram no carro para estacionar. Nesse momento, os crimonosos chegaram, pararam próximo ao carro da vítima e as quatro foram rendidas.

"Apareceu esse carro com quatro indivíduos dentro. Eles fecharam o carro dela e a todo momento falavam para atirar nela, dar um murro na cara dela. Ela me contou que ficou travada, não conseguia nem andar", contou Marli.

Imagens registradas por câmeras de segurança mostram o momento do crime. Um veículo para e fecha o carro estacionado, onde as duas mulheres estavam. Elas tentam sair com o veículo, mas são fechadas mais uma vez pelos suspeitos.

Nesse momento, dois homens descem, rendem as vítimas e na sequência, uma mulher sai do carro com as mãos pra cima. Segundo a mãe, a vendedora ficou agarrada na porta do veículo, tão assustada, que não conseguiu se mover. Os dois assaltantes conseguiram fugir.

"Ela grudou na porta e falou que as pernas dela ficaram pesadas, e não teve reação. Ela não conseguia se mover", disse a mãe.

A ação foi rápida e os dois suspeitos decidiram sair com o carro. Assustada e sem conseguir sair do lugar, a vítima foi arrastada por alguns metros até cair desmaiada no chão com ferimentos na barriga, na perna e nas costas.

Ao sair do bar família, a mãe ouviu o barulho das netas chorando, desceu a rua de carro e socorreu a filha. 

"Quando eu vim em direção a minha casa, eu ouvi o grito da amiga dela me chamado. Eu lembro que só dei ré com o carro e voltei desesperada. Ela pedia pra eu correr e socorrer, porque minha filha estava caída no chão".

A vítima chegou toda machucada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Carapina e, em seguida, foi transferida para o Hospital São Lucas, em Vitória, onde passou por exames. 

O carro foi recuperado cerca de 20 minutos depois. A Polícia Miltar conseguiu encontrar o veículo no bairro José de Anchieta, também na Serra. Um homem, de 20 anos, foi preso. Segundo Marli, um dos suspeitos era menor de idade.

A vítima morava na região de Jacaraípe e havia se mudado para ficar mais perto da família. Ela mora em São Diogo I há apenas dois meses, mas, segundo a mãe, já está arrependida.

*Com informações da repórter Marla Bermudes, da TV Vitória / Record TV.

Últimas