Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Vitória promove ações sociais de combate ao abuso infantil

Programações de eventos irão até o último domingo de maio (28)

Folha Vitória

Folha Vitória|Do R7

Folha Vitória
Folha Vitória Folha Vitória

O município de Vitória iniciou as mobilizações de sensibilização e combate ao abuso e exploração sexual infantil nas ruas da cidade.

O objetivo é alertar e orientar os moradores acerca da temática por meio de teatros, orquestras, conversas, oficinas e tarefas coletivas; tudo para incluir crianças e adolescentes nos projetos, de forma lúdica e informativa.

A ação é uma parceria entre as secretarias de Assistência Social (Semas) e de Cidadania, Direitos Humanos e Trabalho (Semcid).

>> Quer receber nossas notícias 100% gratuitas? Participe da nossa comunidade no WhatsApp ou entre no nosso canal do Telegram!

Publicidade

Na manhã desta quarta-feira (17), a feira livre de Itararé recebeu a ação "Maria da Penha Vai à Cidade", das 8h às 11h, onde foi levantada a questão da proteção de menores. 

As programações das ações sociais vão até o domingo (28) e irão acontecer em diferentes bairros do município. 

Publicidade

Marcas de uma luta coletiva

As mobilizações marcam as campanhas do mês de referência do combate a exploração sexual de menores, chamado de Maio Laranja. 

Além do Dia Nacional do Combate ao abuso infantil, na próxima quinta-feira (18), o mês também destaca os 50 anos do assassinato de Araceli. 

Publicidade

Trabalhadores da Semas utilizarão cartazes, cataventos e margaridas, símbolos da campanha, no Memorial Araceli, com o objetivo de chamar atenção da sociedade. Os participantes dos eventos também deverão estar vestidos de branco, amarelo ou laranja. 

De acordo com a secretária de Assistência Social, Cíntya Schulz, a mobilização é mais um esforço coletivo para garantir os direitos de toda criança e adolescente. "O direito ao desenvolvimento de forma segura e protegida livre do abuso e da exploração sexual", finalizou.

Confira a programação para o resto do mês

Quarta-feira (17)

8h às 11h - Maria da Penha Vai à Cidade (conversas sobre proteção de crianças e adolescentes), na feira livre de Itararé;

9h - Ação de conscientização na Feira de Santo Antônio;

Quinta-feira (18)

9h às 10 horas - Ação de conscientização + construção de jardim de margaridas em frente ao Centro de Esportes Unificados (CEU) de São Pedro.

- Caminhada até a Emef Eliane Rodrigues dos Santos, com a participação do Projovem e NISPI São Pedro I;

9h às 10h30 - Ação da Rede Centro, receberá as escolas no CCTI Centro, com participação da Secretaria Municipal de Educação (Seme) e dos Centros de Convivênvia para Crianças e Adolescentes e pessoa idosa dos bairros do Quadro e Centro (Estarão presentes Circos, Grupo Árvore, Orquestra Alef Bet, teatro maculele, aulão de Taekwondo e Serenata de Favela);

9h às 11 horas - Ação com a Rede Intersetorial de Maruipe, na Praça de Eucalipto, com palhaçaria, percussão e contação de história;

9h às 12 horas - Blitz educativa conjunta com a Polícia Rodoviária Federal, na entrada do Porto de Capuaba;

14h às 15h30 - Ação de conscientização + construção de jardim de margaridas em frente a UBS de Santo André em parceria com enfermeiros e assistente social;

16h às 19 horas - Ação em frente ao Memorial Araceli, localizado no final da Praia de Camburi.

Sexta-feira (19)

9h às 11 horas - Ação da rede de Jucutuquara, na Praça do bairro, com faixa nos semáforos e entornos, distribuição de folders e percussão;

Domingo (28)

8h às 11h - Maria da Penha Vai à Cidade (conversas sobre proteção de crianças e adolescentes), na feira livre de Gurijica.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.