Folha Vitória Vizinhos de terreno onde cães morreram em incêndio vão ter de sair de casa na Serra

Vizinhos de terreno onde cães morreram em incêndio vão ter de sair de casa na Serra

Evacuação acontece por conta de interdição preventiva da Defesa Civil à casa onde foi registrada a tragédia

Folha Vitória
Foto: Roger Nunes / TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Vizinhos do terreno onde cães morreram em um incêndio neste domingo (16), em Jardim Tropical, na Serra, terão que sair de casa. Eles vão ficar hospedados com amigos e familiares. 

A evacuação dos moradores aconteceu por conta de interdição preventiva da Defesa Civil Municipal à casa onde o incêndio aconteceu.

No terreno, o cobrador de ônibus Adeir Neris Ferreira, de 63 anos, morava com cerca de 60 cachorros. Dois animais sobreviveram. 

Coordenador municipal da Defesa Civil, o tenente-coronel do Corpo de Bombeiros Fábio Maurício Rodrigues explicou que a interdição ocorreu por conta da fumaça e do entulho na casa, que pode oferecer risco de combustão.

Segundo ele, a Defesa Civil realizará vistoria da área nesta segunda-feira (17) para desinterdição ou não do imóvel. 

>> Quer receber nossas notícias 100% gratuitas? Participe da nossa comunidade no WhatsApp ou entre no nosso canal do Telegram!

"Os moradores não podem conviver com a fumaça, por isso realizamos a interdição preventiva de 24 horas. A desinterdição vai depender da nossa análise na segunda-feira", disse o tenente-coronel. 

O coordenador da Defesa Civil informa ainda que a desinterdição do imóvel e liberação ao proprietário dependerá do nível de comprometimento das estruturas. Caso sejam danos simples, o próprio dono pode lidar com os consertos.

Para isso, é estabelecido um prazo para que o proprietário apresente as correções à Defesa Civil. Caso os danos sejam muito extensos, até a demolição do imóvel pode ser recomendada. 

Vizinhos reclamavam de entulho no local 

De acordo com vizinhos do cobrador, órgãos de fiscalização já haviam sido acionados para tomar providências em relação ao lixo e entulho acumulado pelo homem no terreno, mas nada foi feito. 

"É um senhor que guardava muitas coisas. Foi falado, chamado, denunciado e nada aconteceu, todos os vizinhos já reclamaram na prefeitura", disse a vizinha Carmenzinda Gonçalves. 

Outro vizinho, Janir Barreto informou que a prefeitura chegou a retirar dois caminhões cheios de entulho da propriedade do idoso. 

"Todos os nossos vizinhos aqui da região já denunciaram, foram tirados mais de dois caminhões de lixo dele aqui semana retrasada. Foi denunciado e nada foi feito, nunca é feito", afirmou. 

Leia Também: VÍDEO | Homem fica ferido após tentar salvar animais de incêndio na Serra; mais de 60 cachorros morreram

Idoso segue internado 

Adeir Neris Ferreira tentou resgatar os cachorros e acabou com queimaduras nos braços e também no tórax.

Ele foi encaminhado a um hospital particular da Serra e transferido em seguida para o Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves. 

No momento do incêndio, o idoso foi resgatado pelo sobrinho, que também precisou de atendimento médico.

A cunhada do idoso, Marlene Farias, relatou que, no momento, a prioridade é cuidar da saúde de Adeir. 

"Me ligaram dizendo que a casa estava toda pegando fogo, eu vim correndo, não sabia como estava a situação da saúde deles. A minha preocupação é a saúde deles. Disseram que não tinha machucado ninguém, mas meu cunhado está no hospital", disse. 

Veja vídeo do incêndio:

Últimas