Cidades Força Nacional permanecerá mais 30 dias no Ceará

Força Nacional permanecerá mais 30 dias no Ceará

Este reforço da segurança do estado começou no início de janeiro deste ano, quando o Ceará passou a ser alvo de atos violentos como ataques a ônibu

  • Cidades | Agência Brasil

Força Nacional permanecerá mais 30 dias no Ceará

Força Nacional permanecerá mais 30 dias no Ceará

José Cruz/Agência Brasi

Agentes da Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária do governo Federal que atuam desde janeiro nos serviços de guarda, vigilância e custódia de presos no Ceará permanecerão no Estado por, pelo menos, mais 30 dias.

A decisão publicada na edição desta segunda-feira (15) do Diário Oficial da União atende a um pedido feito pelo governador Camilo Santana visando a permanência dos agentes por mais tempo.

Leia mais: Pará segue exemplo do Ceará e pede reforço da Força Nacional

Este reforço da segurança do estado começou no início de janeiro deste ano, quando o Ceará passou a ser alvo de atos violentos como ataques a ônibus, veículos particulares e estações de abastecimento de energia elétrica. A saída dos agentes chegou a ser cogitada um mês depois, mas o governo federal decidiu manter a presença dos agentes no estado.

A portaria publicada hoje pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, assinada por Luiz Pontel de Souza —  que substitui temporariamente o ministro Sergio Moro, em viagem internacional —, reforça a função de apoio logístico e a supervisão dos órgãos de administração penitenciária e segurança pública do estado.

Veja também: Falta de água, tortura e visitas: a situação de presídios no Ceará

De acordo com o texto, o número de profissionais envolvidos no trabalho seguirá o planejamento definido pelos órgãos de segurança.

Últimas