Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Tribunal do Júri condena executor e intermediários a 74 anos de prisão

Momento MT|

O executor e os intermediários envolvidos no homicídio do empresário Toni da Silva Flor foram julgados e condenados pelo Tribunal do Júri por prática de homicídio qualificado nesta quinta-feira (7) a uma pena total de 74 anos de prisão. Igor Espínola, vulgo Andróide (executor do crime), recebeu pena de 22 anos de reclusão. Wellington Honório Albino e Dieliton Mota da Silva (intermediários) tiveram pena estabelecida em 18 anos de reclusão. A manicure Ediane Aparecida da Cruz Silva (intermediadora) recebeu pena de 16 anos de reclusão. Todos deverão cumprir pena em regime inicialmente fechado.

Leia a matéria completa no nosso parceiro MOMENTO MT

Leia mais em MOMENTO MT

• Tarcísio é denunciado à ONU por operações letais em São Paulo

Publicidade

• Trabalhadores se mobilizam contra extinção da agência pública Télam

• Quer ter cabelos saudáveis? Veja 4 alimentos que podem ajudar!

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.