Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Polícia prende trio que aplicava golpe do falso Pix fingindo arrecadar dinheiro para o RS

Criminosos usavam páginas falsas em redes sociais para receber doações, que iam parar nas contas de pessoas físicas

Cidades|Do R7

Golpes começaram a ser aplicados nos primeiros dias da tragédia (WILTON JUNIOR/ESTADÃO CONTEÚDO - 15.05.2024)

Policiais cumpriram nesta quarta-feira (15) mandados de prisão preventiva de três pessoas suspeitas de integrar uma quadrilha que aplicava golpes do falso Pix e arrecadava dinheiro de pessoas que acreditavam estar fazendo doações para as vítimas da tragédia no Rio Grande do Sul. O grupo atuava em Santo André (SP) e era integrado por três homens e uma mulher. Também há um adolescente de 17 anos envolvido, mas ele não foi detido.

A investigação foi conduzida pela Polícia Civil do Rio Grande do Sul, e a ação desta quarta-feira contou com o apoio da Polícia Civil paulista. Os agentes identificaram que os criminosos criaram páginas falsas em redes sociais para o recebimento do que seriam doações para a população gaúcha, mas cujo dinheiro iria para chaves Pix de pessoas físicas que não tinham ligação com qualquer entidade de auxílio ao estado.

As fraudes começaram logo nos primeiros dias da tragédia, o que permitiu que os criminosos enganassem um grande número de pessoas. Também foram cumpridos nesta manhã três mandados de busca e apreensão.

Segundo a polícia, os alvos da operação de hoje já tinham antecedentes criminais por roubo, porte ilegal de arma de fogo, furto, tráfico de drogas, entre outros. A investigação continua para identificar outros participantes do esquema.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.