Portal Correio Atlas da Violência: homicídios por arma de fogo na Paraíba aumentaram 28,8% entre 2019 e 2021

Atlas da Violência: homicídios por arma de fogo na Paraíba aumentaram 28,8% entre 2019 e 2021

O número de homicídios por arma de fogo na Paraíba aumentou 28,8% entre 2019 e 2021, conforme o Atlas da Violência, estudo realizado...

Portal Correio
Arma de fogo

Arma de fogo

Portal Correio
(Foto: Reprodução)

O número de homicídios por arma de fogo na Paraíba aumentou 28,8% entre 2019 e 2021, conforme o Atlas da Violência, estudo realizado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) em conjunto com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

O índice coloca a Paraíba como o estado com a quarta maior proporção de homicídios por arma de fogo do Brasil, perdendo apenas para Rio Grande do Norte, Ceará e Sergipe.

Pernambucano é preso suspeito de abusar e raptar menina de 11 anos, na Paraíba

O estudo também aponta que, no mesmo período, a proporção de homicídios com arma de fogo em relação ao total de homicídios registrado no estado subiu de 75,8% para 81,3%.

No mesmo período, o número total de homicídios saltou de 953 para 1.144 – uma variação de 20%.

Dados nacionais

No Brasil, o total de homicídios com arma de fogo, que foi de 30.825 em 2019, chegou a 33.039 em 2021, registrando uma alta de 7,2%.

A proporção de homicídios por arma de fogo em relação ao total de casos, que foi de 67,7% em 2019, para 69,1%. 

Maior disponibilidade de armas tem relação com alta

Conforme o estudo, as mudanças na legislação que regulamenta o acesso à armas de fogo, principalmente para colecionadores, atiradores desportivos e caçadores (CACs), tem relação direta com o aumento do número de homicídios.

“A maioria dos estados que apresentou as maiores variações positivas na proporção de homicídios cometidos com uso de armas de fogo também registrou aumento na taxa de homicídios, como é o caso de Amazonas, Amapá, Rondônia, Mato Grosso do Sul e Piauí”, diz um trecho do estudo.

“Por fim, quanto mais armas no mercado legal, mais armas migrarão para o mercado ilegal, fazendo com que o preço da arma de fogo no mercado ilegal diminua, possibilitando o acesso a ela por maior número de criminosos organizados, ou mesmo por aqueles que vão assaltar na esquina e terminam por perpetrar latrocínios”, conclui a pesquisa.

Número de homicídios por arma de fogo – PB

2019: 722 2020: 919 2021: 930 (+ 28,8%)

Proporção de homicídios por arma de fogo – PB

2019 – 75,8% 2020 – 80,5% 2021 – 81,3%

Receba todas as notícias do Portal Correio no WhatsApp

O post Atlas da Violência: homicídios por arma de fogo na Paraíba aumentaram 28,8% entre 2019 e 2021 apareceu primeiro em Portal Correio - Notícias da Paraíba e do Brasil.

Últimas