Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Suspeito de matar chef de cozinha espanhol e esposa é identificado; crime foi motivado por vingança

David Pegrina Capó, de 53 anos, e Érica da Silva Santos, de 38, foram encontrados mortos em Porto Seguro, em 24 de novembro

Cidades|Do R7, com informações de Record

Casal era dono de um restaurante em Porto Seguro
Casal era dono de um restaurante em Porto Seguro Casal era dono de um restaurante em Porto Seguro

A Polícia Civil da Bahia identificou, nesta sexta-feira (8), o principal suspeito de ter matado o chef espanhol David Pegrina Capó, de 53 anos, e a brasileira Érica da Silva Santos, de 38. O crime ocorreu na cidade de Porto Seguro, no extremo sul do estado, em 24 de novembro.

O casal era dono de um restaurante turístico na região, e a principal linha de investigação mostra que o duplo homicídio teria sido motivado por vingança após uma promessa feita pelo espanhol. 

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp

Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

Publicidade

Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Assine a newsletter R7 em Ponto

Publicidade

O suspeito foi identificado como Eliandro Lourenço de Menezes, de 46 anos. Como há um mandado de prisão aberto, ele é considerado foragido.

Segundo a polícia, há três meses o casal viajou para a Europa para investir na carreira de chef. Durante a viagem, David pediu a Eliandro que cuidasse de suas propriedades e de seu restaurante. Em troca, ele receberia parte do patrimônio.

Publicidade

Quando o espanhol e a esposa brasileira retornaram ao país, a promessa não foi cumprida, por isso Eliandro teria planejado o crime.

O filho do suspeito também compareceu à delegacia e contou que o pai confessou a autoria dos homicídios. Ele também afirmou que não sabe o paradeiro de Eliandro.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.