Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Notícias R7 – Brasil, mundo, saúde, política, empregos e mais
Publicidade

Um yanomami é morto e dois são feridos em ataque a comunidade indígena

A comunidade Uxiú foi atacada por garimpeiros na tarde de sábado; feridos foram levados às pressas para a capital Boa Vista

Cidades|Do R7, com informações da Agência Brasil

Feridos foram levados ao Hospital Geral de Roraima
Feridos foram levados ao Hospital Geral de Roraima Feridos foram levados ao Hospital Geral de Roraima

Um yanomami morreu após ter sido atingido por um tiro durante ataque a uma das comunidades da Terra Indígena Yanomami. Outros dois indígenas baleados tiveram que ser transportados às pressas para a capital do estado, Boa Vista, onde estão internados no Hospital Geral de Roraima (HGR).

Segundo o presidente do Conselho Distrital de Saúde Indígena (Condisi) Yanomami, Júnior Hekurari, a comunidade Uxiú foi atacada por garimpeiros neste sábado (29), à tarde. Ainda de acordo com Júnior, o indígena baleado que não resistiu aos ferimentos trabalhava como agente de saúde na comunidade.

Por telefone, a diretora do Hospital Geral de Roraima, Patricia Renovato de Oliveira Freitas, confirmou que, após receberem os primeiros socorros no Centro de Referência de Saúde Indígena, no polo-base de Surucucu, no próprio território yanomami, os dois indígenas feridos foram removidos para o HGR, onde deram entrada nesta manhã. Ambos estão internados no pronto-socorro, e o quadro clínico deles foi considerado estável.

Júnior Hekurari, que preside a Urihi Associação Yanomami, usou as redes sociais para denunciar o ataque criminoso e comunicar que outras informações vão ser repassadas às autoridades públicas responsáveis pela proteção dos indígenas e de seus territórios.

Publicidade

A ministra dos povos indígenas do Brasil, Sônia Guajajara, lamentou a violência e solicitou o apoio do Ministério da Justiça para organizar a retirada de todos os invasores do território.

"Com muito pesar soubemos do ataque a tiros de garimpeiros contra 3 indígenas Yanomami, 1 veio a óbito e os outros 2 estão sob atendimento em estado Grave. Uma comitiva interministerial está a caminho de Roraima para reforçar ainda mais as ações de desintrusão dos criminosos. A situação de invasores na TI Yanomami vem de muitos anos e, mesmo com todos os esforços sendo realizados pelo Gov. Federal, ainda faltam muitas ações coordenadas até a retirada de todos os invasores do território. Solicitamos reforço do MJ para investigação da PF sobre este caso", escreveu ela no Twitter.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.