Abastecer com álcool é mais vantajoso em cinco Estados. Veja quais

Com o reajuste no imposto sobre a gasolina, expectativa é que o etanol amplie a vantagem

Etanol só vale a pena quando o valor do combustível custar menos do que 70% do preço cobrado pela gasolina

Etanol só vale a pena quando o valor do combustível custar menos do que 70% do preço cobrado pela gasolina

Foto Divulgação

O preço da gasolina deve subir a partir de 1º de fevereiro por causa do aumento dos impostos. Com isso, a comparação entre gasolina e etanol pode variar. Por enquanto, abastecer o carro com álcool é mais vantajoso em cinco Estados: São Paulo, Paraná, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás. Em todos os outros, é melhor escolher a gasolina.

O cálculo foi feito pelo R7 com base nos preços divulgados no site da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), para a semana de 11 a 17 deste mês.

A conta considera que abastecer com etanol só vale a pena quando o valor do combustível custar menos do que 70% do preço cobrado pela gasolina. O carro abastecido com o primeiro combustível gasta mais litros para percorrer a mesma distância equivalente ao volume utilizado de gasolina.

Tanque de gasolina aumenta quase R$ 10

Aumento da gasolina dá impulso ao etanol

Vantagem

Em Mato Grosso, onde é maior a vantagem do etanol, o preço médio da gasolina é de R$ 3,107 por litro, enquanto o álcool sai por R$ 1,989 por litro. Assim, a proporção é de 64,02% entre os combustíveis.

A segunda maior vantagem está em São Paulo. Os motoristas paulistas encontram o litro da gasolina com valor médio de R$ 2,908 e o etanol a R$ 1,920. Com isso, a proporção é de 66,02%.

No outro extremo, a gasolina tem vantagem absoluta no Amapá. Lá o litro da gasolina custa, em média, R$ 3,062, enquanto o do etanol sai por R$ 2,90. Assim, a proporção entre os combustíveis é de 94,71%.

Leia mais sobre Economia e ajuste suas contas