Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Ações da Petrobras caem mais de 8% depois da demissão de Prates

Anúncio da demissão foi feito nesta terça-feira pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que já escolheu novo nome para o cargo

Economia|Do R7, em Brasília

O ex-presidente da Petrobras Jean Paul Prates (Tomaz Silva/Agência Brasil - 18.4.2024)

As ações da Petrobras tiveram queda no início desta quarta-feira (15) depois da demissão de Jean Paul Prates da presidência da estatal. Os ativos chegaram a cair mais de 8%, sendo cotados a R$ 39,47. As ações ordinárias (PETR3), quando dão ao acionista direito de participação na empresa, também apresentaram recuo e estavam cotadas em R$ 39,28 até 11h15.

Veja mais

O anúncio da demissão foi feito nesta terça-feira (14) pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Para substituir Prates, foi indicada a engenheira civil Magda Chambriard, que foi diretora-geral da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) no governo de Dilma Rousseff (PT). O nome dela ainda precisa ser aprovado pelo Conselho de Administração da estatal.

Prates enfrentou, nos últimos meses, uma crise na Petrobras, especialmente depois que o Conselho de Administração decidiu reter R$ 43 bilhões em lucros extraordinários obtidos pela empresa e não os repassar aos acionistas de imediato. Prates disse a investidores que preferia ter distribuído 50% do valor, mas não teve sucesso. No fim, ele se absteve na votação.

Em nota divulgada pela Petrobras, Prates diz que pediu para deixar o cargo. Ainda não há data para que o Conselho de Administração decida sobre a substituição dele. Confira a íntegra:

Publicidade

“A Petrobras informa que recebeu nesta noite de seu Presidente, Sr. Jean Paul Prates, solicitação de que o Conselho de Administração da Companhia se reúna para apreciar o encerramento antecipado de seu mandato como Presidente da Petrobras de forma negociada.

Adicionalmente, o Sr. Jean Paul informou que, se e uma vez aprovado o encerramento indicado, ele pretende posteriormente apresentar sua renúncia ao cargo de membro do Conselho de Administração da Petrobras. Fatos julgados relevantes serão tempestivamente divulgados ao mercado.”

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.