Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

André Esteves e Wesley Batista veem momento positivo da economia

O banqueiro André Esteves, sócio fundador do BTG Pactual, e o empresário Wesley Batista, acionista do grupo J&F, controlador do frigorífico...

Economia|Do R7

O banqueiro André Esteves, sócio fundador do BTG Pactual, e o empresário Wesley Batista, acionista do grupo J&F, controlador do frigorífico JBS, compartilharam visões otimistas sobre o atual cenário econômico do Brasil. Em fórum da Esfera no Guarujá, no litoral paulista, Esteves apoiou declarações, feitas antes de sua fala, do presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). "Quero fazer coro com o presidente Mercadante de que estamos em um bom momento para o País." Esteves enfatizou que o Brasil está vivendo o melhor momento do mercado de trabalho e da renda da população, destacando o desempenho econômico. Ele também elogiou o ministério da Fazenda pelos esforços com o equilíbrio fiscal, apesar das críticas do mercado nessa frente, ressaltando a importância de controlar gastos sem comprometer a capacidade de investimento do Estado. "Para chegar ao equilíbrio fiscal, precisamos olhar para o lado dos nossos gastos. Controlar gastos não quer dizer Estado sem capacidade de investir," disse Esteves. Além disso, o sócio do BTG considerou que a discussão no momento é de quando a taxa de juros real vai cair de 6% para 3%. Ponderou que essa redução não vai ocorrer por meio de medidas artificiais, mas sim através de um comprometimento da sociedade com o ajuste fiscal. Wesley Batista, por sua vez, destacou o crescimento econômico do Brasil, que tem superado as previsões do mercado financeiro. "O Brasil cresce acima do que o mercado financeiro previa; estamos investindo," afirmou. O empresário sublinhou a importância do diálogo entre os setores público e privado para enfrentar os desafios. "Problemas teremos sempre, o importante é os lados público e privado estarem abertos ao diálogo." Ele também ressaltou o crescimento expressivo do agronegócio - 11% no primeiro trimestre -, e defendeu uma visão mais positiva sobre o país. "Eu vir aqui e dizer que não estamos otimistas não reflete a realidade com o agro crescendo 11%. O povo está trabalhando, estamos produzindo e o País vai bem; parem de falar mal do Brasil," concluiu Batista. Ambos os líderes empresariais demonstraram um otimismo cauteloso, reforçando a importância de políticas fiscais responsáveis e de um ambiente colaborativo entre governo e setor privado para sustentar o crescimento econômico do Brasil. *Os repórteres viajaram a convite da Esfera.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.