Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Bancos públicos juntos renegociam R$ 3 bi em dívidas no Desenrola

Mais de 232 mil contratos foram regularizados desde o início do programa do governo federal, em 17 de julho, até a segunda (28)

Economia|Do R7, com Agência Estado

O Desenrola Brasil vai ajudar até 70 milhões de endividados
O Desenrola Brasil vai ajudar até 70 milhões de endividados O Desenrola Brasil vai ajudar até 70 milhões de endividados (ALOISIO MAURICIO/ESTADÃO CONTEÚDO)

Desde que começaram as atividades do Desenrola Brasil, em 17 de julho, esse programa emergencial de renegociação de dívidas, criado pelo governo federal, já possibilitou a regularização de mais de 232 mil contratos nos dois maiores bancos públicos do país, a CEF (Caixa Econômica Federal) e o BB (Banco do Brasil). Os recursos negociados nas duas instituições somam R$ 3 bilhões e se referem à Faixa 2 do programa.

A previsão do governo é que o Desenrola beneficie, ao todo, até 70 milhões de endividados. Na Faixa 2, podem ser renegociadas dívidas bancárias de pessoas físicas com renda mensal entre R$ 2.000 e R$ 20 mil, que não necessitam de garantia do Tesouro Nacional.

A Faixa 1 do Desenrola é voltada à renegociação de dívidas de até R$ 5.000 por devedor, contraídas entre 2019 e 2022, e que continuem ativas. Ela é voltada a pessoas físicas com renda bruta mensal de até dois salários mínimos ou que estejam inscritas no CadÚnico (Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal).

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Publicidade

Compartilhe esta notícia no Telegram

As operações de crédito contratadas para os beneficiários dessas faixas estarão isentas de pagamento de IOF (Imposto sobre Operações Financeiras). As dívidas poderão ser parceladas em até 60 vezes, com valor mínimo de R$ 50 e juros de até 1,99% ao mês. A previsão do governo é que ela entre em vigor em setembro.

Publicidade

Nesta segunda-feira (28), a CEF informou já ter regularizado 110 mil contratos da Faixa 2, totalizando R$ 2 bilhões em recursos, o que corresponde ao atendimento de 86,4 mil clientes. No mesmo período, as renegociações do Desenrola no BB superaram R$ 1 bilhão, beneficiando 122 mil clientes do banco.

Para facilitar o atendimento do programa, a Caixa criou o site Negociar Dívidas, que registrou mais de 10 milhões de visualizações em pouco mais de um mês. Entre as condições especiais para os clientes que quiserem negociar os pagamentos em atraso, estão um desconto de até 90% à vista e a possibilidade de parcelar a dívida em até 120 meses, com a entrada e primeira parcela para 30 dias.

Publicidade

"Os números expressam o papel do banco como agente de políticas públicas do Estado, promovendo melhores condições para que os brasileiros tenham um melhor controle do orçamento familiar e maior dignidade financeira", disse a CEF, em nota.

O BB não se limitou ao público da Faixa 2 do Desenrola e criou condições especiais para clientes de outros perfis. Considerando todas as renegociações, o total obtido com os contratos regularizados já chega a R$ 6,7 bilhões, contando as realizadas pelo próprio banco, R$ 6,2 bilhões (quase 390 mil clientes), e pela Ativos S.A., empresa do conglomerado especializada em recuperação de crédito, que negociou R$ 480 milhões (355 mil clientes).

Segundo o banco, 236 mil clientes pessoa física regularizaram suas dívidas no BB sem ser pelo Desenrola, em um total de R$ 3,6 bilhões. Quanto às pequenas e microempresas, quase 30 mil renegociaram, aproximadamente, R$ 1,5 bilhão.

"É uma satisfação podermos atuar de forma comercial com um olhar social, já que estamos literalmente desenrolando a vida de mais de 700 mil clientes do conglomerado BB", falou Tarciana Medeiros, presidente do Banco do Brasil.

Quanto às condições especiais, que podem ser consultadas em uma página especial do site do banco, o BB oferece descontos de até 25% nas taxas de juros de renegociação, descontos de até 96% nas dívidas e prazo de até 120 meses para pagamento, tanto para os clientes beneficiados pelo Desenrola como para outros públicos selecionados. 

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.