Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

BC diz esperar rombo de R$ 130 bilhões acima do teto em 2023

Roberto Campos Neto afirma que a incerteza fiscal levou o mercado a prever novas altas da taxa básica de juros no Brasil

Economia|Do R7

"Temos que ver o que será aprovado', diz Campos Neto sobre PEC
"Temos que ver o que será aprovado', diz Campos Neto sobre PEC "Temos que ver o que será aprovado', diz Campos Neto sobre PEC

O presidente do BC (Banco Central), Roberto Campos Neto, disse nesta quinta-feira (15) que a autoridade monetária tem como trabalhar com um projeto de PEC (Proposta de Emenda à Constituição) da Transição que ainda não foi aprovado. 

Em sua fala, Campos Neto ressaltou que é preciso pensar nos impactos da proposta sobre a dívida. "Trabalhamos com gasto acima do teto de R$ 130 bilhões em 2023, mas temos que ver o que será aprovado", limitou-se a comentar o presidente do BC.

O presidente do BC disse também que a incerteza fiscal no Brasil levou o mercado a retirar as expectativas de corte de juros e inclusive passar a prever novas altas no cenário futuro. "O mercado reagiu ao fiscal removendo quedas de juros na curva e inserindo altas", destacou.

Ele ainda completou: "Dizíamos que estávamos confortáveis com uma expectativa mercado na curva do Focus de corte de juros em junho mas aconteceu muita coisa desde então. Houve volatilidade recente de juros no Brasil e no mundo e, mais recentemente, houve uma sensibilidade de fiscal que no Brasil foi mais acentuada."

Campos Neto ressaltou que o BC segue vigilante, observando esse comportamento do mercado. "Para BC, importa impacto em expectativas, precisamos observar", acrescentou.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.