Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Bolsas da Europa fecham em alta, com líquidez reduzida por feriados nos EUA e no Reino Unido

As bolsas da Europa fecharam em alta nesta segunda-feira, 27, em sessão com liquidez reduzida marcada pelo fechamento dos mercados...

Economia|Do R7

As bolsas da Europa fecharam em alta nesta segunda-feira, 27, em sessão com liquidez reduzida marcada pelo fechamento dos mercados nos Estados Unidos e no Reino Unido, em razão de feriados. Os próximos dias deverão oferecer maiores sinalizações sobre a trajetória dos principais bancos centrais. Na semana que vem, a expectativa de corte de taxas pelo Banco Central Europeu (BCE) é quase unânime, no entanto, os próximos movimentos do banco são alvo de especulações.

O índice pan-europeu Stoxx 600 fechou em alta de 0,28%, a 522,02 pontos.

O viés ligeiramente positivo predominou na Europa nos negócios apesar de um indicador de confiança decepcionante da Alemanha. O índice Ifo de sentimento das empresas da Alemanha ficou inalterado em 89,3 pontos em maio, contrariando previsão de alta. Em Frankfurt, o DAX avançou 0,37%, a 18.761,61 pontos.

O Danske Bank afirma que, durante o resto da semana, estará especialmente atento à confiança do consumidor, aos dados de inflação do PIB e do índice de gastos com consumo (PCE, na sigla em inglês) dos EUA, ao desemprego e aos números da inflação da área do euro, bem como aos índices de gerentes de compra (PMI).

O banco afirma ainda que suas expectativas relativamente à trajetória da taxa diretora do BCE, na sequência de um início de ano econômico mais forte, aliado a uma inflação rígida. "Removemos a nossa expectativa de um corte em setembro, mas ainda esperamos um corte durante a reunião da próxima semana. O seguinte está projetado para ocorrer em dezembro", aponta.

Com um recuperação do barril, as petroleiras foram destaque entre as altas nesta sessão. Em Milão, a Saipem foi a maior alta do dia, avançando 3,48%, e ajudando o FTSE MIB a subir 0,79%, a 34.761,97 pontos.

Em Paris, a Total subiu 0,67%, dando forças para os ganhos de 0,46%, a 8.132,49 pontos, do CAC 40. Em Lisboa, a Galp avançou 0,98%, com alta de 0,55% do PSI 20, a 6.938,14 pontos. Em Madri, o Ibex 35 subiu 0,65%, a 11.319,50 pontos.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.