Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Campeão de aumento: preço do tomate dispara 26,2% em abril

Melão (23,15%) e cenoura (15%) também ficaram mais caros e integram lista de vilões da prévia da inflação neste mês

Economia|Camila Nascimento*, do R7

No acumulado de 12 meses, o tomate subiu 117,48%
No acumulado de 12 meses, o tomate subiu 117,48% No acumulado de 12 meses, o tomate subiu 117,48%

Segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o tomate foi o item que registrou o maior aumento de preço em abril: 26,17%, depois de subir 15,46% em março.

Somente em 2022, o principal vilão da prévia da inflação deste mês acumula alta de 48,69%. Em 12 meses, o crescimento de preço foi de 117,48%.

Logo em seguida, o melão (23,15%) aparece com a segunda maior disparada de preço entre os itens do IPCA-15 (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo). Com a alta, o valor cobrado pelo produto aumentou 60,32%, neste ano, e 63,26%, no último ano.

A cenoura é o terceiro item com maior aumento no mês (15,02%), mas o legume já tinha subido em março 45,65%. Com a nova variação positiva, o preço do produto acumula alta de 195% nos últimos 12 meses e aparece na liderança nessa base de comparação.

Publicidade

A prévia da inflação para abril (1,75%) foi a maior em 27 anos.

Confira as maiores altas da prévia da inflação de abril

Tomate: +26,17%

Publicidade

Melão: +23,15%

Cenoura: +15,02%

Publicidade

Repolho: +13,37%

Óleo diesel: +13,11%

Leite longa vida: +12,21%

Óleo de soja: +11,47%

Batata-inglesa: +9,86%

Brócolis: +9,65%

Passagem aérea: +9,43%

Couve-flor: +8,71%

Gás de botijão: +8,09%

Açaí (emulsão): +7,88%

Feijão-carioca (rajado): +7,79%

Pepino: +7,72%

Gasolina: +7,51%

* Estagiária do R7, sob supervisão de Alexandre Garcia

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.