Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Capitais do Sudeste abrem uma em cada dez vagas com carteira assinada no primeiro semestre

São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Vitória contrataram 124.549 profissionais com carteira assinada neste ano, diz Caged

Economia|Do R7

São Paulo lidera contratações formais no primeiro semestre
São Paulo lidera contratações formais no primeiro semestre São Paulo lidera contratações formais no primeiro semestre

São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG) e Vitória (ES), as quatro capitais do Sudeste, criaram 124.549 vagas de trabalho com carteira assinada no primeiro semestre. O valor corresponde a mais de 12% do total de 1 milhão de postos formais abertos em todo o Brasil no período.

A liderança entre os municípios nacionais fica com a capital paulista, onde as admissões superaram as demissões em 69.568 cargos CLT, de acordo com dados divulgados pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério do Trabalho.

Na sequência, aparecem a Cidade Maravilhosa (25.960 empregos) e a capital mineira (24.958 vagas). Vitória, por sua vez, é apenas o 35º município que mais contratou nos seis primeiros meses deste ano, com 4.063 admissões a mais do que demissões.

As capitais brasileiras também ocupam as seis posições seguintes do ranking de empregos formais do primeiro semestre: Brasília (DF), Goiânia (GO), Fortaleza (CE), Porto Alegre (RS), Curitiba (PR) e Salvador (BA) têm, respectivamente, 21.343, 13.716, 13.041, 9.790, 9.767 e 8.838 novas vagas de trabalho desde dezembro.

Publicidade

Ao todo, as 26 capitais brasileiras e o Distrito Federal respondem por uma de cada quatro (26,1%) vagas de trabalho abertas entre janeiro e junho, com saldo positivo em todas as localidades. As menores gerações foram contabilizadas em Florianópolis (+1.114) e Macapá (+1.361).

Não capitais

Na relação entre as não capitais que mais contrataram, a liderança fica por conta de Campinas, situada no interior de São Paulo, com 8.211 admissões a mais do que desligamentos, A cidade é a única presente entre as dez primeiras colocações da relação semestral.

Publicidade

Na sequência, aparecem Magé (RJ), Joinville (SC), Santa Cruz do Sul (RS), Contagem (MG), Guarulhos (SP), Itajaí (SC) e Ipatinga (MG) completam o top 20 do primeiro semestre, com 7.575, 7.063, 6.172, 5.838, 5.672, 5.649 e 5.604 novos postos com carteira assinada.

Leia também

De todos os 5.570 municípios analisados mensalmente pelo Ministério do Trabalho para a elaboração do Caged, 1.454 (26,1%) apresentaram corte de vagas com carteira assinada e 112 (2%%) igualaram admissões e desligamentos.

Entre as perdas, quatro cidades tiveram saldo negativo com mais de 2.000 postos formais de trabalho encerrados, com destaque negativo para Rio Largo (AL), Santa Rita (PB), Sirinhaém (PE) e Capela (SE), com 2.897 e 2.223, 2.031 e 2.020 demissões, respectivamente.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.