Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Disparada das passagens aéreas impulsiona inflação do Carnaval

Preço dos principais produtos e serviços consumidos durante a folia acumula alta de 15,5%, variação quase três vezes superior à inflação geral, mostra FGV

Economia|Do R7

Inflação do Carnaval dispara após dois anos de pandemia
Inflação do Carnaval dispara após dois anos de pandemia Inflação do Carnaval dispara após dois anos de pandemia

Depois de dois anos marcados pelo cancelamento dos principais eventos de Carnaval, o retorno das festas vai resultar em um peso adicional no bolso dos foliões que planejam aproveitar a data nos próximos dias.

De acordo com a FGV (Fundação Getulio Vargas), a inflação dos 26 principais produtos e serviços do Carnaval acumula alta de 15,5% nos últimos 12 meses. O resultado corresponde a mais do que o triplo da inflação geral apurada, de 4,62%, para o mesmo período.

No período, o maior impacto da cesta de consumo dos foliões partiu das passagens aéreas (+58,8%). Na sequência, aparecem a elevação da tarifa de táxi (+11,8%), do anticoncepcional (+11,6%), do transporte por aplicativo (+9,9%) e do hotel (+9,8%).

Produtos que compões o segmento de alimentação também apresentaram altas acima da inflação geral. Entre os principais aumentos aparecem o consumo em bares e restaurantes (+7,7%), cervejas e chopps (+7,5%) e refrigerantes e água mineral (8,2%).

Publicidade

Para economista Matheus Peçanha, responsável pelo levantamento, o avanço da demanda no pós-pandemia foi o principal responsável por essa escalada de preços na cesta muito focada em serviços amplamente afetados pelas restrições causadas pelas medidas de isolamento social.

“Alimentação fora de casa, hotelaria, táxis e transporte por aplicativos, todos esses serviços sofreram muito com falta de demanda no período da pandemia e agora têm mais espaço para reajustar seus preços com o retorno da demanda, mesmo com o emprego e a renda ainda comprometidos. Então, o folião que se expuser a esse consumo vai gastar mais”, afirma Peçanha.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.